Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Suspeitos de matar soldado PM em Contagem são presos em Caeté - Jornal Brasil em Folhas
Suspeitos de matar soldado PM em Contagem são presos em Caeté


Foram presos na madrugada desta segunda-feira dois homens, uma mulher e dois menores de idade que confessaram à Polícia Militar ter participado da morte do soldado Rogerys Junio Gonzaga dos Reis, de 21 anos, no último sábado, em Contagem, na Grande BH.

O executor do crime, Isaac Luiz de Souza Menezes, de 27, e a namorada dele, Natália da Silva Batista, de 22, foram localizados em Caeté.

O soldado era lotado na 298ª Cia do 65° BPM de Esmeraldas e estava de folga no dia do crime.

A operação foi desencadeada pelo Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) na manhã deste domingo. Diversas averiguações foram feitas com populares e pessoas suspeitas de ter ligações com os suspeitos do crime.

Militares foram informados que Isaac e Natália estariam na casa de familiares em Caeté. Uma testemunha, vizinha de um tio da mulher, contou aos PMs que o casal havia pegado um ônibus na tarde de sábado para a Fazenda Grota da Brauana, na zona rural de Caeté.

Conforme a Polícia Militar, os militares conseguiram chegar e cercaram o local indicado pela testemunha e, assim que os moradores da fazenda perceberam a aproximação das viaturas, gritaram: “Somos pessoas de bem, vamos abrir a porta. Não façam nada com eles,” segundo o boletim de ocorrência.

Dentro da casa estavam três idosas e dois homens que eram acompanhados por Isaac e Natália. O casal foi separado em um cômodo e logo que os policiais iniciaram os questionamentos, Isaac colocou as mãos na cabeça e disse, “perdi, perdi”.

Após se entregar, o homem confessou o crime e disse que estava com Natália e Igor em um bar na Rua 16, no Bairro Parque São João na madrugada de sábado, quando dois carros passaram com os vidros fechados e estacionaram em seguida.

Isaac disse que abordou os motoristas questionando o porquê de estarem com os vidros fechados e disse que “o bairro estava em guerra”. O primeiro motorista disse que não sabia e se desculpou, segundo o homem, Já no segundo carro, em que estava o soldado da PM, Isaac disse que o militar, quando perguntado, contou a ele que estava armado e “nada pegava”.

O soldado deixou o local e, quando retornou mais tarde para deixar a namorada em casa, novamente com os vidros fechados, Isaac disse que pediu a Igor para buscar uma arma e atirou contra o carro do policial que revidou a ação, mas acabou morto.

Ferido, Isaac pediu ajuda à namorada, que estava em um bar da rua, e o casal fugiu para Caeté, deixando a arma do crime com um menor. Igor foi localizado em uma casa no Bairro Parque São João e confirmou a versão de Isaac.

Na casa do menor apontado como o responsável por guardar a arma, nenhum revólver foi encontrado. O jovem informou que entregou a ama para outro menor, com quem foi encontrada uma pistola de calibre 380.

Todos os cinco foram detidos e levados para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil em Contagem.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212