Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Operação Lei Seca terá reforço no período de carnaval do Rio - Jornal Brasil em Folhas
Operação Lei Seca terá reforço no período de carnaval do Rio


O governo do Rio de Janeiro anunciou hoje (6) que vai reforçar as ações de fiscalização e conscientização no âmbito da Operação Lei Seca durante o carnaval. Segundo a nota do governo do estado, o esquema especial, que será iniciado na sexta-feira (9) e vai até a terça-feira seguinte (13), contará com todo o efetivo nas ruas.

As informações indicam que 250 agentes estarão envolvidos nas cerca de 70 ações de fiscalização que ocorrerão ao longo dos seis dias de reforço da operação, inclusive durante o dia, nas saídas dos blocos de rua, das praias e cachoeiras do estado. As operações serão realizadas na capital, na região metropolitana e no interior fluminense.

“Um grupo de homens balão, uma espécie de fantasia em alusão ao balão utilizado nas blitzes da Lei Seca, estará nos blocos de rua com maior concentração de pessoas, como a Banda de Ipanema que saíra pelas ruas de Ipanema no sábado de carnaval (10); o Simpatia é Quase Amor, que sairá no dia seguinte (dia 11), também pelas ruas de Ipanema; o AfroReggae, que sairá na segunda-feira (12); e a Orquestra Voadora que desfilará no último dia de Carnaval.

A intenção dos responsáveis pela Operação Lei Seca é intensificar as ações de educação nas ruas para alertar sobre o perigo da mistura entre álcool e direção. Na nota, o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Marcos Andrade, avisa aos motoristas que, além das blitz de fiscalização, já conhecidas pelos motoristas, os agentes vão intensificar as ações educativas.

“Este ano, teremos a presença dos homens balão, que são um grande sucesso no carnaval, para reforçar a mensagem que a Operação Lei Seca não se cansa de repetir: nunca dirija depois de beber!”, afirjmou.

Anos anteriores

As informações do governo do Rio indicam que, no ano passado, a Operação Lei Seca abordou no período de Carnaval 5.747 motoristas, que resultaram na detecção de sinal de embriaguez em 451 motoristas, representando 7,8% do número total.

“Este ano, ficaremos mais horas nas ruas do estado do Rio de Janeiro. Vamos atuar de dia e de noite. O nosso objetivo é proporcionar mais segurança ao folião na volta para casa – reforçou o tenente-coronel Marcos Andrade.

A Lei Seca do Rio é uma campanha educativa e de fiscalização lançada em março de 2009 pela Secretaria de Governo. Desde então, foram executadas mais de 19 mil operações com 2,7 milhões de motoristas abordados, dos quais mais de 180 mil estavam em situação de alcoolemia. Neste período, foram multados 510 mil motoristas, 99,1 mil veículos foram rebocados e 171,5 mil carteiras foram recolhidas.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212