Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Imprensa é aliada importante para esclarecer necessidade da reforma, diz Marun - Jornal Brasil em Folhas
Imprensa é aliada importante para esclarecer necessidade da reforma, diz Marun


O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse hoje (6) que o governo só trabalha com um plano A, que é o de votar e aprovar a reforma da Previdência ainda em fevereiro. “É tudo ou tudo”, disse, ao apontar a imprensa como aliado importante no sentido de melhor esclarecer a necessidade da reforma.

“Falta pouco tempo, mas falta pouco voto. É difícil mas não é impossível”, disse em um evento promovido pela Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais (Abrig).

Segundo Marun, o governo precisa obter mais 40 ou 50 votos dos indecisos para garantir a aprovação da matéria. De acordo com o ministro, os esclarecimentos que a mídia vem dando sobre o assunto têm sido relevantes para o convencimento geral. “As editorias econômicas dos principais órgãos de imprensa estão sendo esclarecedores em suas informações. Este é um aliado importante que temos”, acrescentou.

Marun aproveitou o encontro para destacar alguns avanços recentes do país, do ponto de vista econômico, e lamentou o fato de, mesmo em meio a resultados positivos, o presidente Michel Temer ser vítima de uma conspiração asquerosa que buscava, em função de interesses mesquinhos, retirá-lo do poder”.

O ministro chegou a comparar a situação do atual presidente à vivida pelo ex-presidente Getúlio Vargas pouco antes do suicídio, em 1954. Referindo-se a Temer, Marun disse que, em alguns aspectos, ele sofreu “o maior ataque e a maior barragem de artilharia de notícias mentirosas e negativas que um governo já sofreu aqui no país.

Por muito menos do que isso, o presidente Getúlio Vargas deu um tiro no peito, e ele era um homem valente. Esta é a realidade. O presidente Temer, com aquele jeito que muitos pensam ser frágil, mostrou ser duro como uma rocha e frio como um iceberg”.

O ministro criticou também decisões tomadas recentemente pelo Judiciário brasileiro, que acabaram por colocar em risco a administração e a economia do país. Referindo-se à dificuldade que Temer vem tendo para conseguir nomear a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o cargo de ministra do Trabalho, Marun disse que o caso “atropela um princípio básico da democracia”, que é a independência dos poderes. “Mas o governo Temer não vai vacilar na defesa de suas prerrogativas”, acrescentou.

Edição: Fernando Fraga

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212