Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Você precisa ouvir SZA: A cantora esquecida pelo Grammy, mas amada por Rihanna e Beyoncé - Jornal Brasil em Folhas
Você precisa ouvir SZA: A cantora esquecida pelo Grammy, mas amada por Rihanna e Beyoncé


O álbum de estreia de SZA, Ctrl, foi um dos lançamentos mais elogiados de 2017, e a cantora não dá sinais de estar querendo reduzir seu ritmo de trabalho. Ela conversou com o HuffPost antes do Grammy deste ano, falando do que pretende fazer diferente com o segundo álbum e sobre sua nova colaboração com a Gap.

Se você não está por dentro das novidades ligadas a SZA, agora é um bom momento para se informar.

Depois de compor faixas para artistas comoBeyoncé, Travis Scott e Rihanna, no ano passado a cantora e compositora lançou seu aguardado álbum, Ctrl, universalmente aclamado pela crítica. A seguir vieram impressionantes cinco indicações ao Grammy 2018* (a título de comparação, foram mais que Ed Sheeran, Coldplay ou qualquer outra artista mulher receberam este ano).

2018 já começou bem para SZA: a marca Gap a convidou para participar de sua campanha Logo Remix, repleta de celebridades, dizendo que ela é alguém que está refazendo a mixagem da cultura com suas contribuições musicais.

Não estou fazendo isso sozinha, disse a cantora – seu nome completo é Solána Imani Rowe --, quando lhe perguntamos sobre a campanha. É nossa cultura que está passando por uma transformação própria.

Não sei que diabos está acontecendo com nossa cultura. É uma coisa bizarra. Ela está se digitalizando e ficando mais analógica, ao mesmo tempo.

Acho que as pessoas fazem parte dessa transformação e desse clima. Me sinto honrada por ser considerada qualquer coisa!

Nunca imaginei que as pessoas se identificariam com meus pensamentos aleatórios... Me sinto grata por não estar sozinha.

Fica claro que SZA reluta em reconhecer o impacto que já está tendo sobre a cultura americana, neste momento tão inicial de sua carreira. Mas o fato é que Ctrl foi um dos trabalhos de estreia mais festejados de 2017, graças em grande medida às letras confessionais e francas da artista.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212