Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


12 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Museu Nacional tem novo diretor no ano do bicentenário - Jornal Brasil em Folhas
Museu Nacional tem novo diretor no ano do bicentenário


No ano em que comemora o seu bicentenário, o Museu Nacional, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), tem novo diretor. O paleontólogo Alexander Kellner tomou posse hoje (7) em cerimônia reservada no gabinete da vice-reitora da universidade, professora Denise Fernandes Lopez Nascimento.

Kellner, que estará à frente do museu no quadriênio 2018/2021, foi o vencedor, com 63,72% dos votos, da consulta realizada em setembro passado junto ao corpo social da instituição. A nova direção conta ainda com os professores Cristiana Serejo (vice- diretora), Luiz Fernando Dias Duarte (diretor adjunto técnico-científico), Lygia Dolores Ribeiro de Santiago Fernandes (diretora adjunta de Ensino) e o museólogo Wagner William Martins (diretor adjunto administrativo).

As atividades em comemoração aos 200 anos do Museu Nacional, criado por Dom João VI em 6 de junho de 1818, e a revitalização da instituição estão entre as prioridades do novo diretor. “Por que a população brasileira não pode ter um museu de história natural de grande porte, bacana como nos outros países? Por que só a elite pode viajar pra fora e ver esses museus fantásticos? Não há justificativa”, disse Kellner.

Há 20 anos no Museu Nacional, Alexander Kellner foi chefe de Departamento de Geologia e Paleontologia e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Zoologia. Atualmente é professor titular da instituição e membro da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Primeiro museu do Brasil, a instituição hoje vinculada à UFRJ é também a mais antiga do país nas áreas de História Natural e Antropologia. Desde 1892 o Museu Nacional está sediado no Paço de São Cristóvão, na Quinta da Boa Vista, zona norte do Rio. O palácio foi a residência oficial da família imperial até a Proclamação da República, em 1889.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212