Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo do Rio anuncia retomada do pagamento de gratificações a policiais - Jornal Brasil em Folhas
Governo do Rio anuncia retomada do pagamento de gratificações a policiais


O governo do estado do Rio vai quitar na sexta-feira (9), pagamentos pendentes do Regime Adicional de Serviço (RAS) e restantes do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) de policias civis e militares. Segundo o executivo fluminense, para a RAS, serão liberados R$ 13.819.300,64 e para o Proeis R$ 8.456.325,57. As gratificações referentes ao Sistema Integrado de Metas (SIM), que somam R$ 76.982.476,84, terão o pagamento feito em quatro parcelas, sempre no fim no mês, a partir de fevereiro.

A decisão foi anunciada em uma reunião do governador Luiz Fernando Pezão com o secretário de Segurança do Rio, Roberto Sá, hoje (7), no Palácio Guanabara, sede do governo, em Laranjeiras, zona sul do Rio.

Ainda como resultado do encontro, Pezão autorizou a retomada do pagamento de horas extras feitas por policiais, o RAS, e do SIM. Pelas contas do Palácio Guanabara, serão empregados R$ 8 milhões por mês para o RAS. A expectativa do governo estadual, com estes pagamentos, é reforçar o policiamento ostensivo com 1,5 mil a 2 mil policiais nas ruas por dia.

Pezão disse que o programa de equilíbrio fiscal do estado permitiu a volta dos pagamentos. “Com o Regime de Recuperação Fiscal, o estado está retomando o seu equilíbrio financeiro. Vamos pagar essas gratificações para profissionais de uma área tão fundamental para o Rio de Janeiro e garantir mais policiamento nas ruas”, disse.

De acordo com o secretário Roberto Sá, será possível ter a presença maior da Polícia Militar em áreas de mais criminalidade da cidade. “A PM aumentará a ostensividade, colocando mais policiais em áreas de mancha criminal elevada e, no caso da Polícia Civil, direcionando ainda mais recursos para investigações criminais. Vamos agilizar o processo operacional para que o reforço policial aconteça já nos próximos dias”, apontou.

Operações integradas

Ainda na reunião, foi aprovado o plano do governo federal para a área de segurança do Rio de Janeiro. Segundo o secretário, as ações já estão sendo executadas pelas forças estaduais e federais desde agosto do ano passado.

Hoje foi mais um dia em que o Rio amanheceu com uma operação integrada das forças estaduais e federais de segurança. Nesta quarta-feira contou com a participação das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal, além das Forças Armadas e da Força Nacional de Segurança. As operações foram desencadeadas na Cidade de Deus, na zona oeste, e em outras localidades da região metropolitana.

De acordo com o governo do estado, 38 pessoas foram encaminhadas para a Cidade da Polícia, na zona norte da capital. Entre elas, há cinco menores autuados em flagrante ou por cumprimento de mandados. Nas operações, foram apreendidos três fuzis e quatro pistolas, um carregador de fuzil e dois de pistola, além de três carros e sete motos, drogas e munições.

As Forças Armadas fizeram o cerco e desobstrução de vias, além de ações para estabilização na Cidade de Deus. Ao mesmo tempo, as tropas estabeleceram pontos de bloqueio, controle e fiscalização de vias urbanas nos acessos à BR-101, na região de São Gonçalo, e realizaram patrulhamento ao longo do Arco Metropolitano.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212