Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Agehab e Caixa sorteiam endereços do Residencial Itanhangá II, em Caldas Novas - Jornal Brasil em Folhas
Agehab e Caixa sorteiam endereços do Residencial Itanhangá II, em Caldas Novas


Maior empreendimento de interesse social de Caldas Novas e um dos maiores do interior do Estado, o Residencial Itanhangá II, é modelo e exemplo de método construtivo e de projeto de verticalização de moradias, que começa a ser adotado em outros países.

Com acompanhamento da Agência Goiana de Habitação (Agehab), a Caixa Econômica Federal realiza na próxima sexta-feira, dia 9, o sorteio presencial dos endereços de 768 apartamentos do Residencial Itanhangá II, que está em fase de conclusão em Caldas Novas. O sorteio será realizado às 9h30, no Ginásio de Esportes Agostinho Gonzaga de Menezes, nos fundos da Câmara Municipal. Os beneficiários estão sendo convocados para participar presencialmente do sorteio. Eles devem levar um documento de identidade e CPF.

O Residencial é fruto de parceria do Governo de Goiás, por meio da Agehab, com o governo federal e o município. A construção foi viabilizada com recursos do Cheque Mais Moradia e do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). O Itanhangá II é o maior empreendimento de interesse social de Caldas Novas e um dos maiores do interior do Estado, e reflete o empenho do governador Marconi Perillo em combater o déficit habitacional no Sul goiano.

O empreendimento conta com 768 apartamentos distribuídos em 64 blocos de três pavimentos, com apartamentos de 43 metros quadrados. O investimento total é de R$ 55 milhões, sendo R$ 11,5 milhões do Governo de Goiás, por meio do Cheque Mais Moradia, e R$ 43,5 milhões do governo federal.

Reconhecimento Internacional

Em dezembro último, a Ministra Secretária Executiva da Secretaria Nacional de Habitação do Paraguai, Maria Soledad Nuñez Mendez, visitou o Residencial Itanhangá II, acompanhada de comitiva da Agehab, para conhecer os métodos construtivos e os projetos de verticalização de moradias, que começa a ser adotada em seu país. Também foram visitados os residenciais Nelson Mandela e Jardins do Cerrado em Goiânia.

A disposição da ministra em conhecer os canteiros de obra da Agehab reflete a qualidade e o alcance social dos projetos de moradia implantados pelo Governo de Goiás. O emprego de técnicas avançadas e o modelo de parcerias têm sido referência para outros Estados e países, conquistando vários prêmios. No caso do Paraguai, a ministra disse que o interesse era fazer um estudo para adotar o modelo do Cheque Mais Moradia para incrementar as parcerias com o setor privado.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212