Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Petrobras inicia divulgação de venda da refinaria de Pasadena - Jornal Brasil em Folhas
Petrobras inicia divulgação de venda da refinaria de Pasadena


Estopim da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, a refinaria de Pasadena, instalada nos Estados Unidos, foi colocada à venda pela Petrobras nesta terça-feira (6). Em comunicado ao mercado financeiro, a estatal informou ter iniciado a etapa de divulgação da oportunidade, com a publicação do teaser relativo ao ativo. A operação é conduzida pela afiliada da estatal Petrobras America Inc (PAI).

A PAI contratou o banco Evercore para operacionalizar a venda das empresas PRSI, PRST e REAL junto a um seleto grupo de partes potencialmente interessadas, informou a Petrobras no teaser. Além da refinaria, serão vendidos os ativos de comercialização de derivados e de infraestrutura logística.

Para participar da concorrência, o valor de mercado da empresa interessada, seu patrimônio líquido e a soma dos seus ativos ou de sua empresa-mãe devem ser iguais ou superiores a US$ 500 milhões. Além disso, a relação dívida líquida/Ebitda deve ser menor que 5 vezes, traz o teaser. Os interessados devem ainda já ter participado de negócios no setor e, no caso de comercializadoras de derivados, devem ter investido pelo menos uma vez no setor de petróleo e gás nos últimos 10 anos.

O prazo para demonstração de interesse vence em 23 de fevereiro. Depois disso, o processo de venda seguem os trâmites normalmente adotados pela estatal, até chegar à fase final de aprovação pelo conselho de administração e assinatura dos contratos. Fornecedores incluídos na lista negra da Petrobras, por terem sido citados na Operação Lava Jato, estão impedidos de participar do processo.

Entre os ativos colocados à venda estão a refinaria de 110 mil barris por dia e capacidade de armazenamento de 5,1 milhões de barris de petróleo e derivados, o terminal marítimo, a logística e os estoques associados, além de um terreno estrategicamente localizado no canal marítimo de acesso a Houston (Houston Ship Channel), para oportunidades de expansão futura, informou a Petrobras.

A compra de Pasadena pela estatal chamou a atenção da PF, porque o valor pago inicialmente apenas pela metade do ativo, US$ 360 milhões, foi muito superior aos US$ 42,5 milhões que a belga Astra Oil tinha desembolsado pouco antes pela totalidade da mesma unidade. O ex-diretor Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, em delação premiada, admitiu desvio de recurso no investimento.

 

Últimas Notícias

Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores
Polícia Ambiental busca jiboia desaparecida em prédio de Brasília
Justiça de Goiás bloqueia bens de Marconi Perillo e de ex-secretário
Partidos lançam frente de apoio à candidatura de Haddad
Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro
Polícia descobre autora de tratamento estético que matou mulher no Rio
Corregedor instaura processo para apurar exoneração de juíza no Pará
Mercosul repudia atos na Nicarágua e adverte sobre risco à democracia

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212