Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 EUA lançam grupo dedicado à expansão do acesso à Internet em Cuba - Jornal Brasil em Folhas
EUA lançam grupo dedicado à expansão do acesso à Internet em Cuba


Os Estados Unidos lançaram nesta quarta-feira (7) um grupo que analisará os desafios tecnológicos e as oportunidades para expandir o acesso à Internet em Cuba, uma iniciativa que Havana rejeita.

Apesar dos esforços do governo cubano para desenvolver áreas Wi-Fi, o governo americano considera a ilha como um dos países menos conectados do mundo devido ao custo do serviço, as ainda escassas conexões nos lares e a ausência de uma rede móvel.

Segundo dados oficiais, 40% dos 11 milhões de cubanos acessaram a Internet em 2017 por meio de redes físicas ou áreas Wi-Fi.

A Empresa de Telecomunicações de Cuba (Etecsa, estatal) planeja comercializar este ano o serviço de Internet em celulares.

A Força-Tarefa sobre Internet em Cuba, dirigida pelo diplomata americano John Creamer, subsecretário adjunto da Divisão do Hemisfério Ocidental, quer levar recomendações políticas em um prazo de um ano ao secretário de Estado, Rex Tillerson.

O grupo inclui funcionários dos Departamentos de Estado e de Comércio, a Agência de Desenvolvimento Internacional (USAID), a Comissão Federal de Comunicações, e entidades como a rádio e TV Martí e o centro de análises Freedom House.

De acordo com o plano aprovado, este grupo será dividido em duas subcomissões - uma dedicada à expansão do acesso à Internet e outra para a liberdade de informação no país - que deverão apresentar rascunhos com propostas em um prazo de seis meses para realizar uma nova reunião em outubro.

Neste calendário, o objetivo é apresentar ao secretário Tillerson um papel de recomendações de política em fevereiro do ano que vem, declarou Creamer.

Vinte representantes de grupos opositores cubanos e entidades locais que promovem a plena restituição das relações diplomáticas entre os dois países participaram da primeira reunião pública do grupo, realizada no Departamento de Estado.

No entanto, representantes da sociedade civil americana não pareceram impressionados com os objetivos apresentados.

A ativista Cheryl LaBash apontou que em sua cidade, Detroit, em 2015 cerca de 40% da população tampouco tinha acesso à Internet. Acho que a melhor forma de melhorar o acesso à Internet em Cuba seria negociar com o governo cubano de maneira respeitosa.

Alguns de vocês já esteve em Cuba?, perguntou LaBash aos integrantes do grupo, cujo silêncio serviu de resposta.

Em 31 de janeiro, Cuba protestou na embaixada americana em Havana contra a iniciativa, que considera uma violação da competência nacional para regular os fluxos de informação e o uso dos meios de difusão em massa.

O Ministério cubano das Relações Exteriores pediu ao Departamento de Estado que cesse suas ações subversivas, ingerencistas e ilegais.

 

Últimas Notícias

Michelle Bolsonaro e Marcela Temer visitam o Palácio da Alvorada
STF adia decisão definitiva sobre decreto de indulto natalino
Empresário repassou mansão a Adriana Ancelmo, diz delator
Audiência debate mudanças no currículo dos cursos de engenharia
Presidente eleito se reúne com Mozart Ramos, do Instituto Ayrton Senna
MP quer multar prefeitura de SP por falta de manutenção de viadutos
Criação de emprego formal desacelera 24,6% em outubro, revela Caged
Fábio Ramalho considera normal sua candidatura à presidência da Câmara

MAIS NOTICIAS

 

Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
 
 
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
 
 
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
 
 
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados
 
 
Bolsonaro confirma Mandetta para a Saúde
 
 
México habilita 26 empresas brasileiras para compra de carne de frango

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212