Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump em nova polêmica por querer desfile militar - Jornal Brasil em Folhas
Trump em nova polêmica por querer desfile militar


Presidente americano, Donald Trump, na base aérea de Langley em 2 de março de 2017.

O presidente americano, Donald Trump, protagonizou nesta quarta-feira uma nova polêmica com sua intenção de celebrar um grande desfile militar, uma ideia recebida com pouco entusiasmo pelos republicanos e criticada pelos democratas.

A Casa Branca e o Departamento de Defesa confirmaram que já começaram a planejar o evento, embora ainda não tenha fixado uma data.

O jornal The Washington Post, que vazou a informação na noite de terça-feira, afirmou que a ordem foi direta. Quero um desfile como o da França, pediu mandatário.

Trump ficou fascinado no ano passado quando, convidado por seu homólogo Emmanuel Macron, presenciou a parada militar de 14 de julho no marco das celebrações da festa nacional francesa.

Do palanque na Champs Elysées de Paris, não ocultou sua admiração pelo pomposo desfile de tropas e aviões da Força Aérea sobrevoando a multidão.

Meses mais tarde, Trump sugeriu a possibilidade de celebrar algo similar no dia 4 de julho -dia em que os Estados Unidos comemoram sua independência- na Avenida Pensilvânia, onde fica a Casa Branca, para demonstrar o poderio militar do país.

Sua iniciativa recebeu nesta quarta-feira um fraco apoio, inclusive entre os legisladores de seu partido.

O senador conservador Lindsey Graham disse que uma parada faz sentido, embora tenha manifestado suas reservas. Não estou pensando em um desfile com exibição de armas ao estilo soviético. Não somos isso.

Apenas apoiaria um desfile em que se pudesse exibir nossos melhores homens e mulheres e dizer a eles obrigado.

Por sua vez, o republicano Jim Jordan afirmou que o Congresso americano manterá esse debate.

O último desfile militar na capital americana ocorreu em 1991, depois da Primeira Guerra do Golfo, durante o qual foram exibidos mísseis e tanques.

O legislador democrata Keith Ellison, que não poupou críticas, descreveu Trump no Twitter como nosso Exaltado Líder e afirmou que a ideia é idiota e autoritária.

Para a legisladora Jackie Speier, se está gerando um Napoleão na presidência.

Embora a Casa Branca tenha confirmado o pedido de Trump, sua porta-voz Sarah Sanders especificou que a ideia está em discussão e as opções estão sendo exploradas.

O secretário de Defesa, Jim Mattis, foi um pouco mais além.

Acho que todos somos conscientes neste país do afeto e do respeito do presidente pelas Forças Armadas (...) Hemos reunido algumas opções. As enviaremos à Casa Branca para que tomem uma decisão, esclareceu.

Como comandante-chefe das Forças Armadas americanas, Trump pode ordenar ao Pentágono que organize um desfile, sem que haja necessidade de debater a questão.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212