Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Polícia prende homem furtando cabos de semáforos na Avenida Antônio Carlos - Jornal Brasil em Folhas
Polícia prende homem furtando cabos de semáforos na Avenida Antônio Carlos


Um homem foi preso em flagrante furtando cabos de semáforos na madrugada desta quarta-feira na Avenida Antõnio Carlos, na Região da Pampulha.

O detido indicou um ferro-velho no Bairro Cachoeirinha para onde levaria o material.

De acordo com a Polícia Militar, Dione Ozório, de 29 anos, estava pendurado em um poste cortando os cabos de semáforos com um alicate no entroncamento da Avenida Antônio Carlos com a Rua Viana do Castelo, no Bairro São Francisco.

Dione tentou fugir quando percebeu a chegada dos policiais, mas foi detido.

Ele contou aos policiais que levaria os cabos para um ferro-velho na Rua Itapetinga, no Bairro Cachoeirinha, onde os fios seriam queimados e o cobre, material de composição dos cabos, seria extraído e vendido.

No local indicado, os militares encontraram Clésio Aragão Costa, de 52 anos. No desmonte foi encontrada grande quantidade de fios furtados de semáforos em preparação para a extração do cobre. Os dois detidos foram encaminhados para a Central de Flagrantes 1 da Polícia Civil.

Furtos de cabos oneram os cofres de BH

Em 2016 e 2017, a BHTrans gastou com trocas de placas R$ 1,973 milhão. Motoristas e pedestres também terminam atingidos pelos furtos, especialmente no caso de cabos de semáforos, e precisam redobrar a atenção nos cruzamentos da cidade, além de refazer as rotas diárias para fugir dos problemas.

Somente neste início de ano, segundo a BHTrans, já foram gastos mais de R$ 200 mil

na manutenção de semáforos que foram desativados ou apresentaram falhas de execução devido aos atos criminosos.

Entre as vias com maior incidência de furtos de cabeamento dos semáforos e placas está um dos principais corredores de Belo Horizonte: a Avenida Antônio Carlos, que liga a Região da Pampulha ao Centro da capital. Em 20 ocorrências da primeira quinzena do ano, por exemplo, cinco foram registradas na via e uma se deu no cruzamento da Rua Alcobaça com a Avenida no Bairro São Francisco. O horário de registro dos problemas junto à BHTrans também apresenta semelhanças: em 13 dos casos, a empresa foi notificada entre as 5h30 e as 7h.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212