Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Aug de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Bancos terão de reservar mais recursos para empréstimos a estados e municípios - Jornal Brasil em Folhas
Bancos terão de reservar mais recursos para empréstimos a estados e municípios


Bancos que emprestarem recursos para estados e municípios usando receitas de repartição de impostos como garantia terão de reservar mais dinheiro para cobrir eventuais perdas nessas operações. A obrigação consta de norma publicada hoje (8) pelo Banco Central (BC).

De acordo com o diretor de Regulação do BC, Otávio Damaso, o valor que precisará ser reservado variará conforme o banco e o tipo de operação de crédito. Ele, no entanto, estima que, para cada R$ 100 emprestados, o banco terá de reservar um capital adicional entre R$ 8,50 e R$ 11.

A exigência vale para operações que tenham como garantia repasses do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados para governos estaduais e prefeituras por meio dos Fundos de Participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM). Nessas linhas de crédito, o que a União tem a transferir é usado para cobrir eventuais calotes dos governos locais.

De acordo com Damaso, os empréstimos e financiamentos nessa modalidade têm maior risco porque, caso a estimativa de arrecadação não se confirme em momentos de crise econômica, o banco pode deixar de receber as garantias. Segundo o BC, a decisão foi tomada por precaução porque o índice de inadimplência nesse tipo de operação de crédito corresponde a apenas 0,01%.

Há duas semanas, a Caixa Econômica Federal suspendeu a concessão de crédito a estados e municípios. Na ocasião, o banco informou que a decisão ocorreu por causa do novo plano de capitalização da instituição financeira, que estabeleceu corte de despesas e ajuste nos processos de alocação de capital e descartou a possibilidade de a Caixa usar o socorro de R$ 15 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para aumentar o capital.

A partir de 2019, os padrões internacionais de segurança bancária se tornarão mais rígidos para impedir que bancos quebrem, como na crise financeira de 2008. Para cada R$ 100 que emprestar, um banco precisará ter de R$ 10,50 a R$ 13 como patrimônio de referência para atender aos requisitos de capital mínimo.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep
Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú
Associação critica proibição de cobrança por assentos em voos
Número de linhas fixas tem queda de 2,76% no último ano, diz Anatel
Dólar fecha a semana em R$ 3,86, maior alta desde 16 de julho
Governo vai propor adiamento de reajuste de servidores para 2020
Aberto prazo para renovação de contratos do Fies celebrados até 2017
Todos pela Educação faz debate com candidatos; Ciro é o 1º convidado

MAIS NOTICIAS

 

Convenção do PSDB lança candidaturas de José Eliton, Marconi e Lúcia Vânia
 
 
ANP faz tomada pública sobre preço de etanol nas usinas
 
 
China e União Europeia se unem para apoiar comércio multilateral
 
 
Gabinete de intervenção vai comprar munição para polícia do Rio
 
 
PSDB confirma Alckmin como candidato a presidente da República
 
 
Álvaro Dias é oficializado candidato à Presidência pelo Podemos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212