Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo quer incluir Previdência na pauta da Câmara dia 19 ou 20, diz Meirelles - Jornal Brasil em Folhas
Governo quer incluir Previdência na pauta da Câmara dia 19 ou 20, diz Meirelles


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou hoje (8) que o objetivo do governo é colocar a reforma da Previdência na pauta da Câmara dos Deputados no dia 19 deste mês. Em conversa com jornalistas, após palestra promovida pela Conexão Empresairal em Nova Lima (MG), o ministro disse que a expectativa é que as discussões comecem no dia 19, com votação no dia 20.

“Alguns líderes parlamentares estão dizendo que, se não der, [o prazo] pode chegar até o fim do mês, mas este é o máximo. E nosso objetivo é votar no dia 19 ou no dia 20”, acrescentou.

Ontem (7) o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, confirmou a estimativa apresentada pelo líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), de votar a reforma da Previdência até o dia 28 deste mês. Segundo Marun, as discussões em plenário continuam agendadas para o dia 19, mas a votação deve demorar mais.

Para o ministro da Fazenda, a reforma da Previdência não é uma opção, mas uma necessidade. O ministro argumentou que atualmente os gastos com a Previdência consomem mais de 50% do orçamento e em 10 anos podem chegar a 80%. Para Meirelles, o país e a Previdência podem “quebrar” no futuro, se nada for feito.

Ele ressaltou que não há mais negociação sobre mudanças na idade mínima para aposentaorida: 65 anos para homens e 62 para mulheres. “A idade mínima não pode ser alterada porque isso, de fato, desconfiguraria a reforma”, acrescentou.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Temer deixa prédio da Polícia Federal no Rio
Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212