Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump e presidente da Guatemala falam sobre imigração e segurança - Jornal Brasil em Folhas
Trump e presidente da Guatemala falam sobre imigração e segurança


O presidente americano, Donald Trump, reuniu-se nesta quinta-feira (8), em Washington, com seu contraparte guatemalteco, Jimmy Morales, com quem dialogou sobre segurança e a necessidade de controlar a imigração ilegal, informou a Casa Branca em uma curta nota oficial.

Segundo o comunicado, na reunião Trump reforçou a importância de deter a imigração ilegal para os Estados Unidos a partir da Guatemala, e como responder aos desafios subjacentes em matéria de segurança e prosperidade.

Na rápida reunião, o presidente americano agradeceu ao presidente Morales por seu apoio aos Estados Unidos e Israel.

Em uma recente votação nas Nações Unidas, a Guatemala foi um dos nove países a apoiar a decisão de Washington de reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

Assim como os Estados Unidos, a Guatemala também anunciou a decisão de transferir sua embaixada de Tel Aviv para Jerusalém.

Segundo a nota da Casa Branca, Trump e Morales discutiram também a situação na Venezuela e acordaram trabalhar juntos para restabelecer a democracia neste país.

A reunião de apenas 15 minutos entre os dois chefes de Estado foi celebrado em um hotel da capital americana, onde Trump participou posteriormente de um encontro com líderes religiosos.

A presidência guatemalteca, por sua vez, informou em seu boletim que Trump reconheceu os esforços que o governo da Guatemala fez para combater a corrupção, uma afirmação que a Casa Branca não descartou em seu texto.

Morales enfrenta críticas pela tentativa de expulsar o chefe de uma comissão da ONU antimáfia, que pediu para investigá-lo por suspeitas de financiamento ilegal na campanha eleitoral. A procuradora geral guatemalteca, Thelma Aldana, destacou ainda que o governante não é um aliado na luta contra a corrupção.

A agenda do presidente guatemalteco tem ainda uma reunião prevista para esta quinta-feira com o secretário de Estado, Rex Tillerson.

A Comissão Internacional contra a Impunidade na Guatemala (Cicig) funciona no país desde 2007 para desarticular as estruturas do crime incrustadas no Estado.

A chanceler guatemalteca, Sandra Jovel, informou esta semana ter apresentado na ONU as preocupações do governo sobre ingerências internas da comissão, entre outras queixas. Veículos locais informaram que a diplomata também pediu a remoção do titular da entidade, o ex-juiz colombiano Iván Velásquez.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro participa no Chile de Cúpula Presidencial Sul-Americana
Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212