Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Serpro lança tecnologia de biometria facial - Jornal Brasil em Folhas
Serpro lança tecnologia de biometria facial


A validação de identidade pela checagem facial já é uma realidade no país. O Serpro, empresa de tecnologia do governo federal, lançou em janeiro uma API (interface de programação) com a tecnologia. Isso quer dizer que o serviço, que já foi adquirido por clientes da área financeira, está disponível para ser adaptado e incorporado às mais diversas soluções. A biometria facial aumenta substancialmente a segurança da verificação de identidade e contribui para evitar fraudes e garantir uma maior segurança aos usuários.

A tecnologia é oferecida pela empresa como uma das opções do produto Datavalid: uma ferramenta que evita fraudes cruzando e validando informações de cadastro. Além da novidade da identificação facial, o Datavalid já comparava analisava mais de vinte campos informações biográficas como CPF, data de nascimento e filiação. A novidade é que agora um banco, por exemplo, pode contratar o serviço e, antes de fornecer um empréstimo, comparar automaticamente a foto cliente com a base de dados do Renach (Registro Nacional de Carteiras de Habilitação), que possui 68 milhões de fotos de motoristas. Isso além da análise de dados biográficos na base da Receita Federal, que inclui 220 milhões de cpfs.

Deeplearning

A validação por biometria compara os traços permanentes da face, como distância entre os olhos ou entre os olhos e boca. O resultado são “faixas de probabilidade” com o nível percentual de que os registros fotográficos pertençam à mesma pessoa. O software foi desenvolvido pelo Serpro a partir do uso de um algoritmo licenciado pelo MIT. Uma das características desse código é uma inteligência que o torna capaz de apreender a cada uso, chamada de “deep learning”ou “aprendizado por redes neurais”. Segundo a equipe de desenvolvimento da empresa, a opção pela base de avaliação ocorreu após uma bateria de testes que avaliaram esse algoritmo como o mais preciso de todo o mercado. A comercialização do serviço pelo Serpro é feita por pacotes e os preços variam conforme a utilização mensal do cliente.

 

Últimas Notícias

BNDES empresta R$ 30 milhões para empresa de água de Manaus
Comércio do Rio poderá contratar 10,3 mil temporários para o natal
Aneel aprova reajuste de tarifa a consumidores de GO e interior de SP
Petrobras e chinesa CNPC avançam em acordo para retomar Comperj
Aprovado pela Aneel, aumento nas contas de luz da CEB está suspenso
BNDES dá início a processo de privatização de companhia elétrica do AP
Dólar fecha em queda e Bovespa sobe 2,83%
Senado rejeita projeto sobre venda de distribuidoras da Eletrobras

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212