Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


10 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Serpro lança tecnologia de biometria facial - Jornal Brasil em Folhas
Serpro lança tecnologia de biometria facial


A validação de identidade pela checagem facial já é uma realidade no país. O Serpro, empresa de tecnologia do governo federal, lançou em janeiro uma API (interface de programação) com a tecnologia. Isso quer dizer que o serviço, que já foi adquirido por clientes da área financeira, está disponível para ser adaptado e incorporado às mais diversas soluções. A biometria facial aumenta substancialmente a segurança da verificação de identidade e contribui para evitar fraudes e garantir uma maior segurança aos usuários.

A tecnologia é oferecida pela empresa como uma das opções do produto Datavalid: uma ferramenta que evita fraudes cruzando e validando informações de cadastro. Além da novidade da identificação facial, o Datavalid já comparava analisava mais de vinte campos informações biográficas como CPF, data de nascimento e filiação. A novidade é que agora um banco, por exemplo, pode contratar o serviço e, antes de fornecer um empréstimo, comparar automaticamente a foto cliente com a base de dados do Renach (Registro Nacional de Carteiras de Habilitação), que possui 68 milhões de fotos de motoristas. Isso além da análise de dados biográficos na base da Receita Federal, que inclui 220 milhões de cpfs.

Deeplearning

A validação por biometria compara os traços permanentes da face, como distância entre os olhos ou entre os olhos e boca. O resultado são “faixas de probabilidade” com o nível percentual de que os registros fotográficos pertençam à mesma pessoa. O software foi desenvolvido pelo Serpro a partir do uso de um algoritmo licenciado pelo MIT. Uma das características desse código é uma inteligência que o torna capaz de apreender a cada uso, chamada de “deep learning”ou “aprendizado por redes neurais”. Segundo a equipe de desenvolvimento da empresa, a opção pela base de avaliação ocorreu após uma bateria de testes que avaliaram esse algoritmo como o mais preciso de todo o mercado. A comercialização do serviço pelo Serpro é feita por pacotes e os preços variam conforme a utilização mensal do cliente.

 

Últimas Notícias

Petrobras demite funcionários com prisão decretada na Lava Jato
Porto de Santos movimenta 110 milhões de toneladas de carga em 2018
Alimentos da cesta básica estão mais caros em 16 capitais brasileiras
Vendas internas de veículos novos têm melhor resultado desde 2015
BNDES lança programa para atender startups
Mercosul e UE retomam negociação com expectativa de acordo até março
Poupança tem menor captação para meses de novembro em três anos
Toma posse diretoria da nova Agência Reguladora de Mineração

MAIS NOTICIAS

 

Moro reafirma “confiança pessoal” em Onyx
 
 
Após discussão, votação do Escola sem Partido em comissão é suspensa
 
 
Senado aprova projeto que congela distribuição de recursos do FPM
 
 
Crediário e cartão são os maiores responsáveis pela inadimplência
 
 
Balança comercial tem segundo melhor superávit para meses de novembro
 
 
Enel anuncia R$ 3,1 bi em distribuição de energia em São Paulo

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212