Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de May de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Embalado por ritmos latinos, bloco Bésame Mucho sai no Rio e atrai estrangeiros - Jornal Brasil em Folhas
Embalado por ritmos latinos, bloco Bésame Mucho sai no Rio e atrai estrangeiros


Conhecido como a maior festa popular do mundo, o carnaval brasileiro atrai cada vez mais foliões estrangeiros. Uma das evidência é o bloco Bésame Mucho, organizado por latinos que moram no Rio de Janeiro. O desfile pelas ruas de Santa Teresa nesta manhã (11) reúne centenas de foliões.

A música que dá nome ao bloco está entre as tocadas: Bésame Mucho, composta pela mexicana Consuelo Velásquez em 1940. Além dela, há sucessos antigos e recentes, como as canções do grupo cubano Buena Vista Social Club e o badalado Despacito, dos porto-riquenhos Luis Fonsi e Daddy Yankee. O desfile também reserva momentos para as marchinhas.

Tocamos músicas de toda a América Latina, incluindo do Brasil. Tem canções, por exemplo, que vocês acham que são brasileiras, mas são originárias de outros países latino-americanos. Composições das décadas de 1940 ou de 1930, do Peru, de Cuba, do México, que anos depois foram traduzidas para o português, conta a uruguaia Lorena Granja. Professora em ciência política na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), ela é porta-estandarte do bloco.

O Bésame Mucho surgiu em 2012 e faz este ano o sexto desfile. Além dos latino-americanos, a banda responsável por comandar a trilha sonora do cortejo também conta com a participação de alguns brasileiros e estrangeiros de fora da América Latina.

Alguns foliões se inspiram na proposta do bloco para produzir suas fantasias. É o caso da publicitária Amanda Medeiros, que representou a artista mexicana Frida Kahlo. [É] um bloco pequeno que toca músicas boas, disse a foliã para justificar sua preferência pelo Bésame Mucho.

A professora de espanhol Carolina Fernandes, que também marcou presença, explicou que sua fantasia trazia elementos da cultura espanhola e dos países latinos. Ela aprova as misturas culturais promovidas pelo bloco. Eu vim pela latinidade, pela mescla de ritmos latinos. Rumba, samba, tudo junto e misturado no Rio.

Edição: Talita Cavalcante

 

Últimas Notícias

Decreto de Temer autoriza militares a usar força contra caminhoneiros
Câmara realiza sessão extra pra alterar lei que trata de doação de imóveis
Senadores apresentam projeto que limita ICMS sobre combustíveis
Ata do Copom diz que manutenção da Selic foi a melhor decisão
Brasileiros apostam em inflação de 5,3% para os próximos 12 meses
BC decreta liquidação extrajudicial da corretora Gradual
Caminhoneiros entram no segundo dia de bloqueio nas estradas
Governo reduz estimativa de crescimento para 2,5% em 2018

MAIS NOTICIAS

 

Trump anuncia nesta terça-feira decisão sobre acordo nuclear com o Irã
 
 
Fugindo da crise e da insegurança, brasileiros migram para Portugal
 
 
Argentina recorre ao FMI para equilibrar contas
 
 
Brasil e mais 40 nações apelam à OMC contra guerra comercial
 
 
Macri admite que Argentina precisa de apoio externo e recorre ao FMI
 
 
Donald Trump retira Estados Unidos do acordo nuclear com Irã

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212