Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Feb de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Milhares de pessoas manifestam contra fascismo na Itália - Jornal Brasil em Folhas
Milhares de pessoas manifestam contra fascismo na Itália


Milhares de pessoas marcharam neste sábado (10) em Macerata contra o fascismo, uma semana depois de um tiroteio por ódio racial que deixou seis feridos nesta pequena cidade do centro da Itália, onde foi solicitado o fechamento dos comércios por medo de distúrbios.

Em alguns casos os manifestantes chegaram de longe para participar de uma marcha em calma, convocada por grupos antifascistas, ONGs, sindicatos e alguns partidos políticos de esquerda.

Vários participantes balançaram as bandeiras de seus movimentos, cantaram Bella ciao e outros clássicos do antifascismo. Outras pessoas somaram à marcha suas bandeiras italianas.

O ambiente na Itália está pesado neste momento e nos últimos anos permitimos que a direita se desenvolvesse. Sempre me manifestei, mas agora é mais necessário do que nunca, declarou à AFP Mafalda Quartu, uma aposentada que viajou de Florença.

Se há desempregados é culpa do governo, não dos migrantes, gritavam os manifestantes.

As autoridades desta localidade fecharam as escolas, suspenderam os serviços de ônibus, cancelaram a missa de sábado à tarde e pediram que fechassem os estabelecimentos comerciais por esta concentração.

O prefeito de Macerata, Romano Carancini (centro esquerda), havia pedido o cancelamento de todas as manifestações para que deixassem a cidade respirar um pouco, mas na sexta-feira a Prefeitura decidiu autorizar a manifestação deste sábado fora do centro histórico.

Na quinta-feira à noite foram registrados distúrbios por enfrentamentos entre a Polícia local e várias dezenas militantes do pequeno grupo de extrema direita Forza Nuova, que protesta contra a imigração.

Seis pessoas de origem africana ficaram feridas no sábado passado pelos disparos de um jovem com ligações ultradireitistas.

O homem, que disparou de seu carro, foi preso sem resistência nesta cidade de 43 mil habitantes.

Os seis feridos são oriundos de Mali, Gana e Nigéria, segundo a agência de notícias Agi.

O suspeito foi identificado pela imprensa como Luca Traini, de 28 anos.

Foi um ato de evidente ódio racial, considerou o ministro italiano do Interior, Marco Minniti.

 

Últimas Notícias

Superintendente da Caixa, Marise Fernandes, recebe Título de Cidadã Goiana
Iris Rezende: “Marconi deixou sua marca em todas as áreas administrativas”
Bolsa Universitária: abertas novas inscrições para 10 mil bolsas
Torcidas de Goiás e Vila se mobilizam para a doação de sangue
800 vigilantes penitenciários concluem curso e vão reforçar segurança em presídios
Governo de Goiás entrega mais um colégio de alto padrão no Entorno do DF
Goiás terá 10 mil agentes de saúde formados em técnico em enfermagem
Dois chefs de cozinha representam Goiás na disputa pela maior premiação da gastronomia brasileira

MAIS NOTICIAS

 

Ministro diz que Brasil mantém portas abertas para receber refugiados
 
 
Aprovação da reforma da Previdência é prioridade número um, diz Meirelles
 
 
Conselhos aprovam intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro
 
 
Eunício determina que todas as PECs parem de tramitar no Senado
 
 
Maia anuncia criação de observatório para acompanhar ações de intervenção no RJ
 
 
Marun diz que não há como votar reforma da Previdência durante intervenção

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212