Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Bens de ex-diretores da Petrobras ficarão bloqueados por mais um ano - Jornal Brasil em Folhas
Bens de ex-diretores da Petrobras ficarão bloqueados por mais um ano


O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu hoje (2) prorrogar por mais um ano a indisponibilidade de bens de dez ex-diretores da Petrobras, entre eles o ex-presidente da empresa José Sérgio Gabrielli e os ex-diretores Nestor Cerveró e Paulo Roberto Costa.

Os bens dos diretores já tinham sido bloqueados no processo que investiga irregularidades na compra da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), pela Petrobras. Mas, como o período máximo da indisponibilidade é de um ano, o TCU aprovou nova medida cautelar de indisponibilidade de bens.

Em 2014, o processo que investiga irregularidades na compra da Refinaria Pasadena estimou que a operação gerou prejuízo de US$ 792,3 milhões aos cofres da Petrobras. Além das dez pessoas que tiveram os bens novamente decretados indisponíveis, quatro que são consideradas responsáveis no processo não tiveram decretada a indisponibilidade de bens: a ex-presidenta da Petrobras Maria das Graças Silva Foster e os ex-diretores Jorge Luiz Zelada, José Orlando Melo de Azevedo e Carlos César Borromeu de Andrade.

Segundo o ministro Vital do Rêgo, relator do processo, a decretação de nova cautelar é necessária pela complexidade e volume da matéria, além da necessidade de se atender a diversas e sucessivas demandas opostas pelos responsáveis.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212