Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cresce número de pedidos de informações com base na LAI - Jornal Brasil em Folhas
Cresce número de pedidos de informações com base na LAI


Os requerimentos de dados do poder público estadual com base na Lei de Acesso à Informação (LAI) tiveram crescimento no primeiro bimestre de 2016, conforme aponta relatório do Sistema de Gestão de Ouvidoria da Controladoria-Geral do Estado. No total foram 769 pedidos, sendo 362 em janeiro e 407 em fevereiro. Os números indicam que os cidadãos estão mais interessados em obter dados e informações do governo por meio da Lei de Acesso e também que confiam que seus pleitos serão acatados e respondidos pelos órgãos/entidades.

No mês de fevereiro, os principais assuntos que levaram as pessoas a registrarem pedidos de dados com base na LAI foram nas áreas de trânsito (multas, habilitação de motoristas e transferência de veículos); receita estadual (orientação tributária e serviços diversos) e questões de servidor público (concursos/meritocracia e plano de saúde Ipasgo). Os dez órgãos mais demandados foram Detran, Universidade Estadual de Goiás, Secretaria da Fazenda, Secretaria da Educação, Agetop, Agência Goiana de Habitação, Secretaria de Gestão e Planejamento, Junta Comercial, Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária e Ipasgo. Também em fevereiro, dos 407 pedidos LAI registrados, 257 já foram respondidos e 150 estão em andamento. O prazo médio para ofertas das respostas é de 14 dias.

Atendimentos

Em fevereiro, o Sistema de Gestão de Ouvidoria da CGE registrou 3.144 manifestações da população, das quais 1.402 tiveram respostas imediatas por meio de telefone e outras 1.742 (incluindo os pedidos LAI) se transformaram em processos que demandam diligências e mais tempo para respostas. Do total de manifestações (3.144), 2.479 já foram finalizadas e outras 665 estão em andamento. Nos dois primeiros meses de 2016, a Ouvidoria Geral já contabiliza 6.411 atendimentos da população. Os órgãos mais demandados em fevereiro foram Ipasgo, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Gestão e Planejamento, Detran, Secretaria da Educação, Secretaria de Segurança Pública e Universidade Estadual de Goiás.

Todos os cidadãos podem utilizar os serviços do Sistema de Gestão de Ouvidoria para interlocução com o Governo do Estado. Os tipos de manifestação podem ser reclamações, denúncias, sugestões, críticas, pedidos gerais de informações, elogios e pedidos de dados com base na LAI. Os canais disponíveis são: Serviço de Atendimento Presencial ao Usuário, em todas as unidades do Vapt Vupt em Goiânia e no interior; pelos telefones 162 e 0800 621513; site da Controladoria Geral do Estado (www.cge.go.gov.br; e-mail [email protected]; os portais dos órgãos/entidades do governo estadual que disponibilizam o link da Ouvidoria; por meio de carta; pelo aplicativo para smartphone Vapt Vupt Virtual e também na Ouvidoria Digital, baixando o Aplicativo (APP) no Google Play – Android, digitando CGEGO.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212