Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Netanyahu discute com EUA anexação de colônias na Cisjordânia, diz porta-voz - Jornal Brasil em Folhas
Netanyahu discute com EUA anexação de colônias na Cisjordânia, diz porta-voz


O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse nesta segunda-feira (12) que estava discutindo há algum tempo com os Estados Unidos o projeto de anexar colônias na Cisjordânia ocupada, indicou um de seus porta-vozes, o que foi denunciado pela direção palestina como um roubo organizado com a cumplicidade de Washington, embora tenha sido negado pela Casa Branca.

Sobre o tema da aplicação da soberania israelense (nas colônias), posso dizê-los que há algum tempo falo com os americanos, disse Netanyahu a deputados de seu partido, o Likud (direita conservadora), segundo este porta-voz.

Aplicar a soberania israelense nas colônias pode ser considerada uma anexação. Esta declaração atribuída publicamente a Netanyahu é a primeira expressão de apoio de sua parte a um projeto defendido por vários membros de seu partido e de sua maioria no Parlamento.

A Casa Branca, contudo, negou a alegação de Israel - numa rara demonstração pública de discordância. O porta-voz Josh Raffel, próximo a Jared Kushner, disse que relatos de que os Estados Unidos discutiram com Israel um plano de anexação para a Cisjordânia são falsos. Os dois países nunca debateram tal proposta, garantiu.

Uma anexação complicaria ainda mais a busca de uma saída ao conflito israelense-palestino e a solução de dois Estados, ou seja, a criação de um Estado palestino que é a referência da ONU e de grande parte da comunidade internacional.

A última declaração de Netanyahu confirma a cumplicidade dos Estados Unidos com os planos coloniais israelenses, reagiu Saeb Erakat, secretário-geral da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), condenando um roubo organizado de terras.

A colonização israelense é ilegal do ponto de vista do direito internacional. A comunidade internacional também considera ilegal a anexação de Jerusalém Oriental, ocupada por Israel desde 1967. O presidente americano, Donald Trump, reconheceu em dezembro Jerusalém como capital de Israel.

Netanyahu disse que queria coordenar essa eventualidade com os Estados Unidos porque é um aliado estratégico para Israel.

Dois deputados, um deles do Likud, propuseram uma lei para aplicar a soberania israelense nas colônias na Cisjordânia. Netanyahu a bloqueou no domingo.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212