Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Apesar de supervitória, Trump terá trilha árida para candidatura - Jornal Brasil em Folhas
Apesar de supervitória, Trump terá trilha árida para candidatura


Donald Trump foi o grande vencedor, pelo lado republicano, da Superterça, a rodada gorda da campanha presidencial americana, quando 11 Estados decidem quais nomes preferem como candidatos à Casa Branca.
O fato de ainda estar longe de um nocaute nos rivais anima a campanha anti-Trump no partido, que reúne milhões de dólares mas não consegue, ainda, se unir em torno de um só candidato para frear o avanço do bilionário.
Na perseguição a Trump, restam os senadores Ted Cruz e Marco Rubio, além do governador de Ohio, John Kasich. O magnata venceu em 7 dos 11 Estados que votaram nas prévias republicanas com resultado vinculante nesta Superterça (dia 1º), e em alguns com vantagem larga.
Contando as três vitórias anteriores, Trump domina a disputa, com 46% dos delegados de seu partido que estiveram em disputa. O total de 319, porém, ainda é apenas 1/4, aproximadamente, do número de delegados que ele precisará para conquistar a candidatura.
São os delegados que, seguindo a votação em seus Estados, apontarão o candidato do partido na convenção republicana, em julho.
As próximas rodadas serão decisivas, sobretudo a do dia 15, quando grandes Estados como Flórida e Ohio realizam prévias em que o vencedor leva todos os delegados, diferentemente do sistema de voto proporcional dominante por ora.
Vitórias nesses Estados poderiam deixar Trump próximo do número necessário, mas a Flórida é o Estado de Marco Rubio, enquanto Ohio é governado por Kasich.

REVOLTA DA ELITE - A elite do Partido Republicano que se ergueu contra Trump tenta afastar a ideia de que é tarde demais para freá-lo, mas divide-se entre os outros pré-candidatos. Mitt Romney, o candidato republicano à Casa Branca em 2012, informou que fará um pronunciamento nesta quinta (3) “sobre o estado das eleições 2016. Mas não endossará nenhum dos adversários de Trump, que não parecem dispostos a desistir. Cruz tem 226 delegados, Marco Rubio 110, Kasich 25.
Vencedor em três Estados da Superterça, o senador ultraconservador Ted Cruz se sentiu mais forte para defender a saída dos demais pré-candidatos da disputa.
“Enquanto o campo estiver dividido, o caminho de Donald Trump para a candidatura é mais provável”, disse Cruz.
Alguns líderes republicanos, como o ex-deputado Tom DeLay, acham que é melhor manter todos na disputa e mostrar “que não é tarde demais” para parar Trump.
O bilionário venceu 10 das 15 prévias republicanas realizadas, em Estados tão diversos como o moderado Massachusetts e os conservadores Alabama e Geórgia, mas o caminho até a vitória não é simples.
Segundo cálculo da agência AP, Trump terá de ganhar 52% dos delegados daqui por diante, missão mais difícil que a de Hillary Clinton, favorita democrata.
Maior esperança da elite republicana em alternativa a Trump, Rubio não decolou, tendo só agora obtido a primeira vitória estadual.
“Se fosse qualquer outra corrida haveria pessoas querendo se unir ao líder, mas isso não acontecerá com Trump”, disse Rubio.
“Vou a todos os 50 Estados, nem que seja com minha caminhonete, para impedir que o partido de [Abraham] Lincoln e [Ronald] Reagan caia nas mãos de um golpista.”

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212