Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 CVM abre inquérito administrativo contra a JBS - Jornal Brasil em Folhas
CVM abre inquérito administrativo contra a JBS


A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda que regula e fiscaliza o mercado de capitais brasileiro, abriu hoje (15) inquérito administrativo para apurar possíveis violações aos deveres fiduciários dos membros do Conselho de Administração da JBS S.A., no período de 2013 a 2017.

De acordo com informação da CVM, o inquérito resulta das investigações realizadas no âmbito de inquéritos anteriores, instaurados em maio e dezembro do ano passado e instruídos pela sua Superintendência de Processos Sancionadores, em conjunto com a Procuradoria Federal Especializada da autarquia.

Esses inquéritos tinham por objetivo dar prosseguimento e aprofundar as apurações iniciadas no âmbito do processo administrativo aberto em maio de 2017 para analisar a atuação da JBS no mercado de dólar futuro, e de processo administrativo aberto em junho do mesmo ano para analisar a atuação da Eldorado Brasil Celulose S.A. e da Seara Alimentos Ltda. em negociações com contratos de derivativos cambiais em mercados de bolsa e de balcão organizado, regulados pela CVM, em maio de 2017.

Ao todo, os procedimentos administrativos abertos na CVM envolvendo apurações na JBS incluem oito processos administrativos, um inquérito administrativo, três processos administrativos sancionadores com acusações formuladas e um processo de fiscalização externa, relativo a inspeções. Os procedimentos foram abertos após notícias veiculadas no dia 17 de maio do ano passado a respeito da delação de acionistas controladores da companhia.

Até o momento, somente foi arquivado um processo administrativo aberto em maio de 2017 para analisar a atuação do Banco Original S.A., controlado pela J&F Participações Ltda., no mercado de derivativos. O arquivamento ocorreu em 17 de outubro do ano passado. As análises realizadas pela Gerência de Acompanhamento de Mercado 2 da CVM não identificaram indícios suficientes de que o Banco Original tenha tido acesso a informações privilegiadas e obtido ganhos a partir delas.

Edição: Augusto Queiroz

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212