Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Odebrecht e Corinthians são condenados a devolver R$ 400 milhões - Jornal Brasil em Folhas
Odebrecht e Corinthians são condenados a devolver R$ 400 milhões


A juíza federal Maria Isabel Pezzi Klein condenou a Odebrecht, o Corinthians, o ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Fontes Hereda, e a empresa Sociedade de Propósito Específico (SPE) a devolverem um empréstimo de R$ 400 milhões recebidos do banco para construir a Arena Itaquera.

A magistrada considerou que o empréstimo foi realizado de forma irregular. A transferência foi um repasse milionário de dinheiro público, captado por uma empresa privada especialmente criada para este fim e com capital social no valor de R$ 1 mil, embasado em garantias incertas e que beneficiou, além de um time de futebol, uma construtora contratada sem licitação.

A Justiça Federal do Rio Grande do Sul divulgou a decisão da juíza Klein em nota. Os réus podem recorrer do resultado do processo iniciado em 2013.

Segundo a denúncia do advogado gaúcho Antonio Pani Beiriz, o empréstimo concedido naquele ano pela Caixa para a construção do estádio que abrigou a abertura da Copa do Mundo de 2014 seria lesivo ao patrimônio público e tinha sido concedido sob influência política.

Entre as provas, o advogado destacou que a Arena Corinthians foi o único dos 11 projetos da Copa que ficou de fora da linha de crédito aberta em 2009 pelo BNDES para a construção e reforma dos estádios da Copa.

O atual estádio do Corinthians foi descartado no momento por não apresentar garantias suficientes. Mas, quase três anos após o fim do prazo, a Caixa retomou o projeto, assumindo os riscos.

Klein condenou a Odebrecht, construtora do estádio, o Corinthians, proprietário, a empresa que recebeu os fundos, a SPE, e o ex-presidente da Caixa, Hereda, a saldar a dívida de 475 milhões de reais, correspondendo ao valor do empréstimo corrigido.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212