Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Acnur leva mais de mil refugiados líbios para a Itália e o Níger - Jornal Brasil em Folhas
Acnur leva mais de mil refugiados líbios para a Itália e o Níger


A Agência das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), já transferiu para o Níger e para a Itália mais de mil refugiados líbios vulneráveis. O enviado especial da ONU para o Mediterrâneo Central, Vincent Cochetel, disse nesta sexta-feira (16) que “estas evacuações ofereceram uma segunda oportunidade na vida para mais de mil refugiados que estavam na Líbia e tinham sofrido de forma tremenda. A informação é da ONU News.

A operação de transferência vem sendo feita desde novembro passado. Nesta terça-feira (13), 128 pessoas foram levadas para Niamey, no Níger, e para Roma, capital da Itália. Com isso, o total de refugiados retirados durante a operação da Acnur subiu para 1048.

A maioria destes refugiados, 770, foram acolhidos pelo Níger, tendo 312 sido levados para Itália. O grupo inclui mães solteiras, crianças desacompanhadas e famílias que tinham sido detidas por longos períodos de tempo.

Assim que chegam, estas pessoas recebem um check-up médico, uma refeição quente, roupas novas, e são levadas para centros de acolhimento. O enviado especial diz que a Acnur pretende evacuar “mais milhares” de pessoas durante o ano de 2018.

Mais disponibilidade

Cochetel diz que estas evacuações “são o melhor exemplo do impacto que a solidariedade internacional pode ter sobre os refugiados.” Ele avisa, no entanto, que a agência procura mais países disponíveis para acolher pessoas desta zona do globo. A Acnur recebeu apenas 16.940 ofertas de vagas para pessoas nos 15 países prioritários no Mediterrâneo Central, e precisa de muitas mais.

O enviado especial da ONU pede “a todos os países da região que avancem com vagas adicionais que possam ser uma solução tangível para muitos outros refugiados que ainda estão na Líbia.”

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212