Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Os mais graves acidentes de avião no Irã desde 2003 - Jornal Brasil em Folhas
Os mais graves acidentes de avião no Irã desde 2003


Avião da Aseman Airlines, modelo ATR-72, de fabricação francesa, no aeroporto de Dubai

Confira abaixo os acidentes de avião mais graves registrados no Irã nos últimos 15 anos:

- 2014 -

Em 10 de agosto, um Antonov-140 da companhia iraniana Sepahan Airlines com 40 passageiros e oito tripulantes cai em um bairro residencial reservado a militares e seus familiares, a menos de cinco quilômetros do aeroporto de Teerã-Mehrabad, de onde havia decolado. Na tragédia, morreram 39 pessoas, e outras nove ficaram gravemente feridas. Antes da queda, o piloto conseguiu por pouco evitar os prédios e um mercado. O acidente foi causado por uma pane no motor e um sinal de alerta com defeito, segundo as autoridades.

- 2011 -

Em 9 de janeiro, 77 pessoas morreram, e 27 ficaram feridas no acidente de um Boeing 727 da companhia Iran Air, caído perto de Urumiyeh, na província do Azerbaijão Ocidental (noroeste). A aeronave havia decolado com atraso de Teerã por causa do mau tempo.

- 2009 -

Em 15 de julho, um Tupolev 154 da companhia iraniana Caspian Airlines, que cobria o trajeto Teerã-Erevan (Armênia), pega fogo em pleno voo e cai em um campo na região de Qazvin (norte). Morreram as 168 pessoas que estavam a bordo, entre elas, 15 membros da tripulação. Segundo as autoridades, houve um problema técnico no avião.

- 2006 -

Em 26 de novembro, um avião militar iraniano do tipo Antonov 74 caiu em Teerã, matando 39 pessoas, incluindo 30 membros dos Guardiães da Revolução - o Exército de elite do governo. O aparelho seguia para Shiraz, no sul.

Um mês antes, a direção das forças terrestres dos Guardiães da Revolução já havia perdido boa parte de sua liderança, com a morte de oito de seus oficiais superiores em um acidente de avião perto de Urumiyeh.

Em 1º de setembro, 29 pessoas morrem no acidente de um Tupolev 154, que cai e pega fogo em Machhad, no nordeste do Irã, depois da explosão de um pneu do trem de pouso.

- 2005 -

Em 6 de dezembro, um avião militar de transportes Lockheed C130 cai sobre um prédio de dez andares em um bairro residencial do sul de Teerã, deixando 108 mortos - entre eles 68 jornalistas e fotógrafos - e mais de 90 feridos. Entre as vítimas, 14 pessoas em terra. A aeronave teve problemas de motor logo após sua decolagem do aeroporto de Mehrabad.

- 2003 -

Em 19 de fevereiro, um Iliuchin de fabricação russa da Força Aérea dos Guardiães da Revolução cai a 35 quilômetros de Kerman (sudeste), deixando 275 mortos. O aparelho desapareceu das telas do radar uma hora depois de sua decolagem. O piloto tentou contato com a torre de controle do aeroporto de Kerman para avisar que pretendia pousar por conta do mau tempo.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212