Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Oxfam pede desculpas a governo haitiano por escândalo de prostituição - Jornal Brasil em Folhas
Oxfam pede desculpas a governo haitiano por escândalo de prostituição


Uma delegação da ONG britânica Oxfam apresentou suas primeiras desculpas diretas ao governo haitiano nesta segunda-feira (19), depois de ser abalada por um escândalo envolvendo funcionários que contrataram prostitutas, assediaram e intimidaram outros colegas.

Nós chegamos para compartilhar o relatório (interno da ONG) com o ministro (de Planejamento) e expressar nossa vergonha e nossas desculpas ao governo haitiano e à população haitiana pelo que aconteceu, disse Simon Ticehurst, diretor regional da Oxfam para a América Latina e o Caribe.

Durante mais de duas horas, os líderes da organização responderam às perguntas do ministro Aviol Fleurant, que os convocou para uma audiência solene pela primeira vez.

Agora vamos pedir relatórios de todos os tipos, auditorias, relatórios financeiros, em um contexto de prestação de contas, disse Fleurant após a reunião. Se for necessário, vamos ouvir novamente o diretor geral com propósitos de direito e para o bem da república, afirmou.

De acordo com uma investigação do jornal britânico Times, grupos de jovens prostitutas foram convidadas para casas e hotéis pagos pela Oxfam no Haiti. Uma fonte citada pelo jornal disse que viu um vídeo de uma orgia com prostitutas usando camisetas da Oxfam.

Os eventos aconteceram em 2011, em meio a uma missão após o terremoto que destruiu o país em 2010.

Segundo a ONG, que publicou seu relatório interno na semana passada, quatro funcionários foram demitidos e outros três renunciaram antes do final da investigação interna lançada em 2011.

Embora os relatórios tenham sido enviados a Londres no momento dos fatos, a Justiça haitiana só descobriu o escândalo graças à publicação na imprensa, há dez dias.

As autoridades haitianas e a Justiça haitiana nunca foram informadas desses crimes cometidos nas instalações da organização. Isso é uma obstrução da Justiça? Ainda é um ponto de interrogação, disse Fleurant.

 

Últimas Notícias

Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
Marcha da Consciência Negra pede democracia, direitos e fim do racismo
Bolsonaro diz que vai seguir normas legais para indicação à PGR
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
Conselho de Ética da Câmara arquiva representação contra Laerte Bessa
Reunião do Escola sem Partido é novamente suspensa em comissão mista
Eunício e equipe do futuro governo voltam a discutir cessão onerosa
Brasil encerra o ano com vitória sobre Camarões por 1 a 0

MAIS NOTICIAS

 

Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
 
 
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
 
 
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
 
 
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados
 
 
Bolsonaro confirma Mandetta para a Saúde
 
 
México habilita 26 empresas brasileiras para compra de carne de frango

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212