Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Operação combate quadrilha com mais de 100 integrantes no Rio - Jornal Brasil em Folhas
Operação combate quadrilha com mais de 100 integrantes no Rio


O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro deflagrou hoje (22) operação para cumprir 92 mandados de busca e apreensão e de prisão contra uma quadrilha que conta com mais de 100 integrantes no sul fluminense.

O grupo, acusado de tráfico de drogas e crimes conexos, também aliciou menores de idade para participar dos delitos. A operação prevê a responsabilização de dez adolescentes na Vara da Infância e Juventude.

Para dar conta do número de criminosos, sete denúncias foram apresentadas à 2ª Vara Criminal de Resende, sendo uma delas perante a Auditoria Militar. Ao todo, 22 equipes da coordenadoria de Segurança e Inteligência do MP-RJ foram à região.

Segundo o MP-RJ, a organização criminosa agia como uma empresa formal, com ramificações em outras cidades da região e em municípios do estado de São Paulo. A quadrilha tinha ligações com facções criminosas do Rio de Janeiro e com o Primeiro Comando da Capital (PCC), de São Paulo, e estabeleceu uma célula formal desses grupos no sul do estado do Rio de Janeiro.

Com os mandados de busca e apreensão, o Ministério Público espera obter provas de outros crimes e apreender bens obtidos com a prática criminosa.

Entre os denunciados estão dois policiais militares lotados no 37º Batalhão: Jorge Leonardo Batista Correa e Dorvagnes Fernando de Andrade Silva do Nascimento. Eles são acusados de extorsão, descoberta por meio de intercepções telefônicas. Os PMs chegaram a exigir R$ 30 mil para não apreender um veículo clonado e prender dois criminosos.

As investigações também apontaram que um dos denunciados usava uma creche, onde era vigia, para armazenar munições calibre .50 e materiais para a preparação de entorpecentes.

Edição: Maria Claudia

 

Últimas Notícias

Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212