Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Forças de segurança fazem ação nas divisas do Rio com 3.000 militares - Jornal Brasil em Folhas
Forças de segurança fazem ação nas divisas do Rio com 3.000 militares


A primeira grande operação conjunta após o decreto de intervenção foi desencadeada na noite desta segunda-feira (19), nas divisas do estado do Rio com demais Estados da região Sudeste. Mais de 3 mil integrantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, com policiais civis e militares, homens da Força Nacional de Segurança e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), montaram pontos de bloqueio e fiscalização nas vias de acesso ao Rio.

Um dos temores demonstrado por governadores de São Paulo, Minas Gerais e do Espírito Santo é o de que criminosos tentem fugir do Rio de Janeiro, com a intervenção federal na segurança pública, buscando refúgio nos estados vizinhos. A operação é uma forma de tentar prender quem estiver fugindo do Rio, além de impedir a entrada de armas e drogas.

De acordo com nota distribuída pela Secretaria de Segurança do Estado (Seseg), há operações na BR-101, nas divisas ao norte e ao sul do estado, e na região de São Gonçalo – nas comunidades do Salgueiro e Jardim Catarina. Também há pontos de bloqueio na BR-116, nas divisas nordeste e ao sul do estado, além de trechos da Baixada Fluminense. As ações também englobam a BR-040, nas divisas a oeste do estado, e patrulhamento ao longo do Arco Metropolitano.

A Seseg especificou que as ações estão contidas no âmbito do decreto presidencial de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para ações em apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública, assinado em 28 de julho de 2017. O efetivo tem apoio de aeronaves e veículos blindados.

“Algumas vias e acessos nas áreas de operações podem ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados, oportunamente, com restrições dinâmicas para aeronaves civis. Não há interferência nas operações dos aeroportos. As instituições envolvidas nas operações estão acompanhando e orientando, em tempo integral, os desdobramentos no Comando Militar do Leste, a partir das 17 horas desta segunda-feira (19), e no Centro Integrado de Comando e Controle, a partir das 5 horas do dia 20 de fevereiro”, esclareceu a nota.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212