Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 País tem 2,786 milhões de pessoas buscando trabalho há 2 anos ou mais - Jornal Brasil em Folhas
País tem 2,786 milhões de pessoas buscando trabalho há 2 anos ou mais


No quarto trimestre de 2017, o País tinha 2,786 milhões de pessoas buscando trabalho há pelo menos dois anos, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta sexta-feira, 23, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O montante equivale a um aumento de 13,5% nesse contingente de desempregados de longa data, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Aumentou de forma bastante expressiva, reconheceu Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE. A crise está fazendo a busca por emprego durar mais, completou.

Outras 2,243 milhões de pessoas buscavam emprego há pelo menos um ano, mas por menos que dois anos. Entre os desempregados mais recentes, 1,520 milhão de pessoas buscavam emprego há menos um mês e mais 5,761 milhões estavam na fila por uma vaga entre um mês a menos de um ano.

Brancos, pretos e pardos

A taxa de desocupação ainda é muito mais elevada entre pretos e pardos do que entre brancos, de acordo com dados da Pnad Contínua divulgados pelo IBGE. No quarto trimestre de 2017, a taxa de desemprego ficou em 9,5% entre os brancos, resultado inferior à taxa de 14,5% registrada entre pretos e de 13,6% entre os pardos.

Cinco anos antes, no quarto trimestre de 2012, quando a taxa de desemprego média estava estimada em 6,9%, a dos pretos correspondia a 8,6%; a dos pardos, 8,1%; e a dos brancos, 5,4%.

A pesquisa verificou um aumento na participação de pretos entre a população desempregada de 2012 a 2017. O contingente dos desocupados no Brasil no quarto trimestre de 2012 foi estimado em 6,7 milhões de pessoas. Os pardos representavam 52,4% desse total, seguido dos brancos (37,5%) e dos pretos (9,6%).

No quarto trimestre de 2017, a população desempregada subiu para 12,3 milhões de pessoas. A participação dos pardos passou a 51,9%, enquanto a dos brancos reduziu para 35,6% e a dos pretos subiu a 11,9%.

O IBGE ressalta, porém, que houve tendência de queda da proporção de pessoas que se declaravam brancas e aumento das que se diziam pretas e pardas no mesmo período.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212