Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 EUA prometem pressão máxima sobre a Coreia do Norte Norte - Jornal Brasil em Folhas
EUA prometem pressão máxima sobre a Coreia do Norte Norte


O governo dos Estados Unidos advertiu neste sábado Pyongyang que exercerá uma campanha de pressão máxima para uma desnuclearização da península, enquanto a filha do presidente americano, Ivanka Trump, assistia à final da competição de Snowboard Big Air dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Ivanka, vestida com um macacão de neve vermelho e um gorro dos Estados Unidos, sentou ao lado de Kim Jung-sook, mulher do presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e as duas fizeram selfies juntas.

Segundo um porta-voz da Casa Branca, a filha de Donald Trump se reunirá com vários atletas e representantes do Comitê Olímpico Internacional.

Ivanka Trump chegou na sexta-feira à Coreia do Sul, onde representará os Estados Unidos na cerimônia de encerramento da 23ª edição dos Jogos de Inverno.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, que também integra a delegação americana em Pyeongchang, afirmou que o presidente americano Donald Trump não se mostrará nem brando nem frágil a respeito da Coreia do Norte, apesar da aparente distensão de Pyongyang desde o início dos Jogos de Inverno.

Vamos continuar uma campanha de pressão máxima. As últimas sanções foram as mais duras que adotamos contra a Coreia do Norte, declarou Sanders à imprensa.

A funcionária afirmou que Washington vai manter esta linha.

Tomara que vejamos uma mudança por parte dos norte-coreanos para começar a desnuclearizar a península porque isto é o que queremos, disse.

Na sexta-feira, o presidente americano anunciou novas sanções para isolar ainda mais a Coreia do Norte.

Estas medidas apontam para mais de 50 companhias e navios que, segundo o Executivo americano, ajudam Pyongyang a eludir as sanções já impostas.

Hoje lançamos as mais severas sanções que já foram impostas a um país, afirmou Trump em um longo discurso na conferência CAPC, a grande reunião anual dos conservadores americanos.

Espero que haja algo positivo, veremos já, acrescentou.

Se as sanções não funcionarem, teremos que ativar a segunda fase. A fase dois poderia ser muito dura, adiantou, sem desenvolver a ideia.

O objetivo dessas sanções é continuar cortando as fontes de renda e petróleo que o regime utiliza para financiar seu programa nuclear e armamentista, segundo a Casa Branca.

Pyongyang enviará no domingo uma delegação oficial de oito membros, liderada pelo general Kim Yong Chol, para a cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Mas a a Casa Branca descartou a possibilidade de uma reunião entre as delegações americana e norte-coreana. Na cerimônia de abertura das Olimpíadas, o líder norte-coreano Kim Jong-Un enviou sua irmã Kim Yo Jong, que ficou a poucos metros do vice-presidente americano Mike Pence.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212