Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Más relações Bolívia-EUA complicam eventual extradição de ex-presidente boliviano - Jornal Brasil em Folhas
Más relações Bolívia-EUA complicam eventual extradição de ex-presidente boliviano


As más relações entre Bolívia e Estados Unidos podem complicar uma eventual extradição do ex-presidente Gonzalo Sánchez de Lozada, que será julgado em um tribunal de Miami por um massacre em 2003, disse um advogado nesta sexta-feira (22) em La Paz.

A extradição se torna difícil com as relações diplomáticas tensas e conflituosas entre Bolívia e Estados Unidos, afirmou Rogelio Mayta, advogado das vítimas há 15 anos.

La Paz e Washington carecem de embaixadores desde 2008, após uma expulsão mútua.

O jurista indicou que, nesse contexto diplomático, ficará complicada a extradição para a Bolívia de Sánchez de Lozada e de seu ex-ministro da Defesa, Carlos Sánchez Berzaín, que serão julgados em 5 de março.

Os dois foram processados nos Estados Unidos pela via civil por um grupo de familiares das vítimas que busca indenizações por danos e prejuízos por esse massacre que deixou mais de 60 mortos e 500 feridos.

A esperança dos atingidos é que depois do julgamento em Miami possa ser reativado o pedido de extradição, pois os Estados Unidos não respondem desde 2014. A Bolívia tem aberta uma ação penal de julgamento de responsabilidades por violação de direitos humanos.

Mayta indicou que, com o julgamento em Miami, talvez a administração de Donald Trump possa se dar conta que na Bolívia foi vivida uma série de violações dos direitos humanos.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212