Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Chanceler da Venezuela nega crise humanitária no país - Jornal Brasil em Folhas
Chanceler da Venezuela nega crise humanitária no país


O chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, afirmou nesta segunda-feira no Conselho de Direitos Humanos da ONU que não existe crise humanitária no país, apesar da situação de penúria que afeta parte da população.

Se pretende fazer que o mundo acredite que na Venezuela há uma crise humanitária, um velho truque unilateralista, disse em um discurso em Genebra.

Arreaza fez menção, mas sem uma citação direita, a Colômbia, onde o presidente Juan Manuel Santos denuncia uma crise humanitária que, segundo números de seu governo, levou 500.000 venezuelanos a atravessar a fronteira.

O chanceler também criticou o que chamou de relatórios sem fundamento do Alto Comissariado das Nações Unidas, assim como os especialistas da ONU que publicam diagnósticos a partir de fontes insólitas, sem jamais terem visitado a Venezuela.

A situação na Venezuela, onde a população sofre as consequências de uma enorme inflação e da escassez de alimentos e medicamentos, é objeto de controvérsia entre o governo de Caracas e vários países e instituições internacionais, que insistem em descrever uma situação grave.

Nesta segunda-feira, os chanceleres da União Europeia (UE) debatem a situação de uma Venezuela em horas críticas, nas palavras da chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

Arreaza também citou as eleições presidenciais convocadas para 22 de abril, nas quais Nicolás Maduro aspira a reeleição. A coalizão de oposição Mesa da Unidade Democrática (MUD) decidiu não participar no pleito, que acusa de fraude.

Teremos eleições livres, soberanas, transparentes, em 22 de abril, afirmou o chanceler.

 

Últimas Notícias

Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida
Bolsonaro reitera que decisão sobre médicos cubanos é humanitária

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212