Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Imigrantes comemoram Ano Novo chinês com diversas atrações em São Paulo - Jornal Brasil em Folhas
Imigrantes comemoram Ano Novo chinês com diversas atrações em São Paulo


A comemoração do Ano Novo chinês atraiu hoje (25) uma multidão ao tradicional bairro da Liberdade, que concentra grande número de imigrantes chineses e japoneses em São Paulo. O Ano Novo chinês começou em 16 de fevereiro. No horóscopo asiático, 2018 é o Ano do Cachorro, que simboliza lealdade, honestidade, fidelidade e constância.

No local, os visitantes encontraram barraquinhas onde podiam aprender como escrever seu nome em chinês, fazer artesanato e ainda apreciar a comida típica daquele país. Apresentações de lutas marciais, música e de dança, como as do Leão e do Dragão, também fizeram parte da programação durante todo o domingo.

“Já conhecia a Liberdade, mas é a primeira vez que estou na celebração. Apesar de muito cheio, achei muito interessante as apresentações. Gostei do evento”, elogiou a gerente de recursos humanos Rose Tavares.

Pelo quarto ano seguinte na festa, a professora Ana Paula Silva disse que aprecia muito o evento. “Gosto muito da festa. Só achei estranho este ano ser em um dia só, mas ano que vem estarei aqui de novo”.

Para os chineses, a festa significa a manutenção de tradições e faz lembrar o país de origem. “Para chineses e japoneses, que têm costumes parecidos, a festa deixa a gente se sentir mais em casa”, afirmou a estudante Eva Zhang, que veio da cidade de Hunan, no interior da China e está há 3 anos em São Paulo.

Festival das Lanternas

Além da comemoração na Liberdade, em outros pontos da cidade houve comemoração para a chegada do Ano Novo chinês. No Templo Zu Lai, em Cotia, na região metropolitana de São Paulo, a celebração contou com apresentações de dança, aulas de origami e de caligrafia chinesa e barracas com comidas típicas.

No Parque Ibirapuera também teve apresentação das tradicionais danças do Leão e do Dragão, show do cantor chinês Su Yang e desfile de trajes típicos, oficinas de caligrafia e de mandarim. O Festival das Lanternas acontece no fim do dia, encerrando a comemoração. As lanternas são acesas para atrair prosperidade e boa sorte.

Edição: Armando Cardoso

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212