Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Município do Rio de Janeiro entra em estágio de atenção por causa da chuva - Jornal Brasil em Folhas
Município do Rio de Janeiro entra em estágio de atenção por causa da chuva


O município do Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção às 19h20 de hoje (27) por causa de chuvas de “intensidade forte a muito forte” em algumas áreas da cidade, de acordo com o Centro de Operações (COR) da prefeitura. O estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e indica a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.

O COR alertou que há previsão de pancadas de chuva moderada a forte nesta noite e na madrugada, podendo chegar a muito forte, acompanhada de rajadas de vento moderado a forte e raios.A Defesa Civil municipal acionou sirenes de duas comunidades de São Carlos e do Rato, no bairro do Estácio, na região central do Rio. Os moradores devem seguir até os pontos de apoio.

Logo após as 19h20, a prefeitura do Rio registrou chuva forte nos bairros do Jardim Botânico, com 12,6 milímetros (mm), Santa Teresa (9,6 mm), Recreio dos Bandeirantes (8,6 mm), Irajá (8,2 mm), Tijuca (8 mm), Rocinha (6,6 mm); e chuva fraca a moderada em outras regiões da cidade.

Recomendações

A prefeitura orienta a população a procurar um local seguro, evitar áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos, verificar se há sinais de rachaduras nas residências e se perceber trincas ou abalo na estrutura, acionar a Defesa Civil pelo número 199 e, neste caso, evitar ficar em casa. Se houver ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, a orientação é não ficar próximo a árvores ou a áreas descampadas. A prefeitura recomenda também que a população coloque lixo nos pontos de coleta, uma vez que a água da chuva pode levar o lixo a entupir bueiros e galerias.

Para os moradores de áreas de risco, a orientação é ficar atentos aos alertas sonoros, porque o acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. Nesta situação, as pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199.

Se houver necessidade de socorro, podem ser acionados os telefones de emergência do Corpo de Bombeiros (193), da Defesa Civil (199) ou da Central de Atendimento da Prefeitura (1746).

Edição: Luana Lourenço

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212