Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ação de limpeza na Cracolândia termina em confusão - Jornal Brasil em Folhas
Ação de limpeza na Cracolândia termina em confusão


A retirada de lonas e outros materiais na região conhecida como Cracolândia, no centro da capital paulista, terminou em tumulto na tarde dessa sexta-feira (23). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, a confusão começou após uma “ação de limpeza da via pública realizada pelo município”. Moradores de rua que circulam no local começaram a depredar veículos. Ao ser acionada, a Polícia Militar (PM) utilizou “munições de menor potencial ofensivo” para dispersar o grupo. Ninguém foi preso.

A antropóloga Roberta Costa, integrante do coletivo A Craco Resiste, considera que ações truculentas da PM têm sido constantes na região. “Não é novidade a especulação imobiliária pressionar políticas públicas para que se tente resolver na porrada uma questão muito complexa”, afirmou.

Ela disse que é comum a retirada de dependentes químicos que estão na área. “A violência não começa com as pessoas do fluxo. Ela começa com isso que eles chamam de limpeza, que lá se chama de rapa. É o momento em que eles pegam os cobertores e as lonas. Nesse sol, nessa chuva, imagina ficar sem lona. Pegam os guarda-chuva das pessoas, pegam coisas básicas que elas precisam”, relatou.

Roberta afirmou ainda que, nessas situações, são poucas as pessoas que reagem, mas ela chama a atenção para a desproporção de força entre a polícia e os dependentes químicos. “Se o Poder Público rouba o cobertor, a lona, coisas de utensílios básicos de sobrevivência de alguém que está em situação de rua, as pessoas reagem. Mas é preciso pensar na desproporcionalidade. Eles xingam, jogam uma garrafa de plástico vazia. Uma pessoa descalça, de bermuda, sem camiseta versus uma pessoa de capacete, escudo, bomba, gás de pimenta, bala de borracha. Quem reage também reage de um jeito muito pouco danoso”, comparou.

Edição: Graça Adjuto

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212