Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Senado aprova projeto que federaliza investigação de crimes de milícias - Jornal Brasil em Folhas
Senado aprova projeto que federaliza investigação de crimes de milícias


Em mais uma tentativa de imprimir uma agenda de pautas ligadas à segurança pública, o Senado aprovou na tarde de hoje (28) o projeto de lei que transfere à Polícia Federal (PF) a investigação de crimes praticados por organizações paramilitares. A proposta ainda precisa ser apreciada pela Câmara dos Deputados para que vire lei. Se aprovada pelos deputados, caberá à PF a responsabilidade por investigar os crimes cometidos por milícia armada integrada por membro de órgão de segurança estadual.

O relator da matéria, senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP), defendeu a responsabilidade dos policiais federais para apurar os crimes, já que, se fossem investigados pelas autoridades locais nos casos do envolvimento dos próprios membros de batalhão de polícia, poderiam ficar impunes. “O que temos percebido é que os órgãos de segurança pública em todo o país foram tomados, em vários aspectos, lamentavelmente, pelo crime organizado. Isso se combate com política de segurança pública”, argumentou.

O projeto faz parte de um esforço para aprovar medidas na área de segurança que causem impacto positivo na população. O anúncio da agenda foi feito no início do mês pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), antes do anúncio da intervenção federal no Rio de Janeiro, argumentando que os índices de violência têm aumentado cada vez mais. Além da federalização dos crimes de milícia, á foram aprovadas pelos senadores e seguiram para apreciação da Câmara projeto que obriga a instalação de bloqueadores de celular em presídios e outro que proíbe contingenciamento do Fundo Penitenciário.

Pela manhã, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) aprovou o Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens, projeto que segue para deliberação do plenário. Na semana que vem, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, deve apresentar ao Congresso o anteprojeto que cria um sistema integrado de segurança pública tendo como foco o combate ao tráfico de drogas e armas.

Já na pauta da microeconomia, patrocinada desde o fim do ano passado pelos senadores, foi aprovado o projeto que facilita a recuperação judicial das microempresas. A matéria, que também precisa ser aprovada pela Câmara, dá fim à exigência de certidões negativas de débitos tributários para obtenção de vantagens por parte das empresas de pequeno porte e das microempresas. O texto foi aprovado pela unanimidade dos 63 senadores presentes à sessão.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212