Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Reclamações sobre serviços de telecomunicações caem 17,5% em janeiro - Jornal Brasil em Folhas
Reclamações sobre serviços de telecomunicações caem 17,5% em janeiro


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) registrou em janeiro redução de 17,5% no número de reclamações de usuários de serviços de telecomunicações, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Os dados, divulgados hoje (28) pela Anatel, mostram que em janeiro foram registradas 270,7 mil reclamações, 57,5 mil a menos do que em igual mês do ano passado.

A telefonia móvel apresentou a maior queda, de 21,3%, com 34 mil reclamações a menos.

Entre os usuários do serviço pós-pago, em janeiro, o maior percentual de queixas foi relativo a cobranças na conta, com 48,03% do total de reclamações. Em segundo lugar, ficaram as queixas relativas às ofertas e promoções (10,20%) e, em terceiro, as relacionadas à qualidade, funcionamento e reparo (10,01%).

Já entre os usuários de aparelhos pré-pagos, o principal motivo de queixa diz respeito a problemas com crédito, que totalizaram 44,51%. Em seguida aparecem reclamações relativas a ofertas e promoções (18,63%). Já as queixas sobre qualidade, funcionamento e reparo representaram 14,57% do total.

A telefonia fixa apresentou redução de 16,9%, como 12,6 mil queixas a menos. As reclamações sobre cobrança aparecem em primeiro lugar, com 36,74%; seguida das queixas sobre qualidade, funcionamento e reparo, com 23,91%, e sobre cancelamento, com 9,08%.

Já a TV por assinatura registrou 3,7 mil queixas a menos, redução de 9%. O item relativo a cobranças, mais uma vez, aparece na frente com 44,44%. O bloqueio ou suspensão do serviço aparece como o segundo motivo de queixa dos usuários do serviço, com 11,57% das reclamações; qualidade, funcionamento e reparo representaram 10,16% das queixas.

No serviço de banda larga fixa, houve redução de 15%, com 7,7 mil reclamações a menos. Qualidade, funcionamento e reparo foram os principais motivos de queixas dos usuários, com 45,98%; seguido de reclamações relativas à cobrança, com 22,42% das queixas, e à instalação ou ativação do serviço (9,04%).

Empresas

Segundo a Anatel, tanto na telefonia móvel quanto na telefonia fixa, quase todos os grupos acompanhados individualmente pela Anatel apresentaram redução nas reclamações em janeiro na compração com o mesmo mês de 2017.

A exceção foi a TIM, que registrou um pequeno aumento. Foram 500 reclamações a mais que no mesmo período do ano passado, um aumento de 0,9%.

Na telefonia móvel, a Vivo apresentou a maior redução no número de queixas. Foram 19,5 mil reclamações a menos, queda de 43,5%. Em seguida vem a Nextel, com menos 4,8 mil reclamações, redução de 43,2%. A Claro aparece em terceiro, com diminuição de 7,4 mil, redução percentual de 22,9%.

A Oi apresentou uma redução de 13,7%, com menos 2,7 mil queixas de clientes sobre o serviço. A operadora apresentou a maior redução nas queixas sobre telefonia fixa, uma queda de 19%, com 7,6 mil reclamações a menos. Em seguida aparece a Vivo com redução de 4,1 mil nas reclamações (queda de 17,4%) e a NET, com menos 1,3 mil reclamações (recuo de 14,5%).

No caso da TV por assinatura, com acréscimo de 1,6 mil reclamações (12,7% a mais), a Sky foi o único grupo que registrou aumento nas queixas em janeiro de 2018 em relação ao mesmo mês do ano passado, de 12,7 % (acréscimo de 1,6 mil reclamações).

Edição: Juliana Andrade

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212