Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Macri garante que pior já passou e promete crescimento na Argentina - Jornal Brasil em Folhas
Macri garante que pior já passou e promete crescimento na Argentina


O presidente argentino, Mauricio Macri, garantiu que para seu país, em meio à luta contra a alta inflação e o déficit fiscal, o pior já passou, e prometeu crescimento econômico nos próximos anos, ao instalar nesta quinta-feira as sessões ordinárias do Congresso.

Obrigado por entender que as coisas levam tempo e não há atalhos, nem soluções mágicas, afirmou Macri no começo de seu discurso.

Mas o pior já passou, agora vêm os anos em que vamos crescer. As transformações que fizemos começam a dar frutos, afirmou.

O presidente promove políticas de abertura, em contraste com as desenvolvidas por seus antecessores Néstor e Cristina Kirchner (2003-2015).

Em um primeiro impacto, a inflação atingiu 41% em 2016 e, em 2017, 24,8%. A meta deste ano é de 15%. A pobreza atinge 28,6% da população e o déficit fiscal primário foi de 3,9% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017.

A economia caiu 2,3% em 2016 e recuperou 2,8% no ano passado. Para 2018, o governo planeja crescer 3%.

Alguns nos criticam por termos ido devagar demais, outros por sermos rápidos demais. Os primeiros pedem um choque de ajuste, e eu lhes digo que viemos aqui reduzir a pobreza e garantir que nenhum argentino passe fome, disse Macri.

Os outros nos pedem para não mudar nada, e eu lhes digo: se nada tivesse mudado, seríamos como um outro país irmão que está em uma desintegração social, acrescentou, referindo-se à Venezuela.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212