Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Snapchat é cada vez mais apreciado por jovens entre 18 e 24 anos nos EUA - Jornal Brasil em Folhas
Snapchat é cada vez mais apreciado por jovens entre 18 e 24 anos nos EUA


A rede social Snapchat é usada por 78% dos jovens de 18 a 24 anos nos Estados Unidos, quase igual ao Facebook (80%), segundo um estudo publicado nesta quinta-feira (1) pelo Pew Research Center.

O Snapchat é especialmente popular entre os menores de 30 anos: 68% nesta faixa etária o utilizam. A nível da população total do país, é usado por 27%.

Em um estudo publicado em agosto, o escritório de advocacia especializado eMarketer considerou que a quantidade de usuários do Snapchat entre os jovens de 18 a 24 anos (24,4 milhões) já havia superado seu equivalente no Facebook (23,5 milhões). E o mesmo ocorre entre os jovens de 12 a 17 anos.

Para o eMarketer, esta tendência crescerá em 2018.

No fim de 2017, o Snapchat contava com 187 milhões de usuários por dia, um aumento de 18% em relação ao final de 2016. Cerca de 80 milhões deles estão na América do Norte.

A Snap, matriz do Snapchat, enfrentou recentemente o descontentamento de muitos usuários pela modificação do aplicativo.

Uma petição on-line para o retorno da versão anterior obteve mais de 1,2 milhão de assinaturas, mas a Snap não cedeu e manteve a nova versão, que separa mais claramente o conteúdo publicado pelos contatos pessoais e pelas propagandas das marcas.

A rede social, que publicou em 2017 uma perda líquida colossal de 3,4 bilhões de dólares, quatro vezes mais que seu faturamento (824 milhões), continua sendo frágil, como demonstra sua cotação na Bolsa: 16,32 dólares na terça-feira no fechamento, menos que seu preço de entrada de 17 dólares em março de 2017.

Em 21 de fevereiro, a celebridade Kylie Jenner, integrante do clã Kardashian-Jenner, deu a entender em uma mensagem que já não usava mais o Snapchat, onde era uma das personalidades mais influentes.

No mesmo dia, a ação perdeu 6% em apenas uma sessão. Desde então, Kylie Jenner parece ter revisado seu posicionamento, já que recentemente divulgou na rede social um vídeo de sua filha recém-nascida, Stormi.

O estudo publicado na quarta-feira pelo Pew Research Center mostra que a proporção de entrevistados em todas as categorias que declaram usar o Facebook está em baixa pela primeira vez, de 79% para 76%.

A pesquisa foi realizada de 3 a 10 de janeiro, com uma amostra representativa de 2.002 pessoas maiores de 18 anos.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212