Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Fórum Mundial da Água prorroga segundo lote de inscrições até segunda-feira - Jornal Brasil em Folhas
Fórum Mundial da Água prorroga segundo lote de inscrições até segunda-feira


O segundo lote de inscrições para o 8º Fórum Mundial da Água foi prorrogado até a próxima segunda-feira (5).

Os registros podem ser feitos no site do evento. Depois desse prazo, os ingressos custarão o preço normal e poderão ser comprados inclusive durante os dias do fórum. Segundo a organização do fórum, mais de 7,5 mil pessoas de 150 países já confirmaram presença no encontro.

O 8º Fórum Mundial da Água vai do dia 18 ao dia 23 deste mês, em Brasília. Contando com a Vila Cidadã, um espaço de entretenimento e educação gratuito e aberto a toda a população, deverão circular pelo fórum cerca de 45 mil pessoas. Mais de 10 chefes de Estado e de governo deverão participar do evento, que reunirá representantes de governos, empresas, organizações não governamentais, academias e entidades da sociedade civil.

O Brasil é o primeiro país do Hemisfério Sul a sediar uma edição do Fórum Mundial da Água. O fórum terá mais de 300 sessões temáticas e trará para Brasília os maiores especialistas sobre o tema da água. Na agenda, estão incluídos debates relativos a mulheres, indígenas, diversidade, rios urbanos, agricultura familiar, áreas úmidas, saneamento, mudanças climáticas e energia, entre outros.

O 8º Fórum Mundial da Água é organizado no Brasil pelo Conselho Mundial da Água, pelo Ministério do Meio Ambiente, representado pela Agência Nacional de Águas (ANA), e pelo governo do Distrito Federal, representado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa).

As sete edições anteriores foram realizadas em Marrakesh (Marrocos, 1997), Haia (Holanda, 2000), Kyoto (Japão, 2003), Cidade do México (México, 2006), Istambul (Turquia, 2009), Marselha (França, 2012) e Gyeongju e Daegu (Coreia do Sul, 2015).

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212