Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Estado do Rio espera vacinar 500 mil pessoas no Dia D contra a febre amarela - Jornal Brasil em Folhas
Estado do Rio espera vacinar 500 mil pessoas no Dia D contra a febre amarela


Unidades de saúde de 92 municípios fluminenses participam hoje (3) de uma mobilização contra a febre amarela. O chamado Dia D de vacinação contra a doença espera imunizar 500 mil pessoas em todo o estado, até as 17h deste sábado.

Mas, de acordo com o subsecretário de Vigilância Sanitária da Secretaria Estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, os postos de saúde, hospitais, tendas especiais e quartéis que participam do Dia D estão preparados para vacinar até 1 milhão de pessoas.

“O estado do Rio de Janeiro já tem uma cobertura de 72% [do público-alvo]. Em alguns locais, a gente está com a cobertura bem elevada, principalmente no interior do estado, e [nesses lugares] a procura certamente vai ser menor porque faltam poucas pessoas para serem vacinadas. Nosso grande desafio, em termos de cobertura vacinal, é aqui na região metropolitana”, disse Chieppe.

Na cidade do Rio de Janeiro, 230 unidades de saúde participam da campanha. A expectativa é vacinar 200 mil pessoas hoje. De acordo com o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, cerca de 1 milhão de pessoas do público-alvo (entre 9 meses e 59 anos) ainda não foram vacinadas na capital.

A grande vantagem da nossa cidade é que hoje não temos um só caso de febre amarela aqui. E olha que a cidade do Rio de Janeiro tem a maior floresta urbana. Mas nossos postos estarão trabalhando para a gente poder vacinar toda a população e, durante alguns anos, ficarmos completamente livres da doença, disse.

José Ribeiro Silva, de 70 anos, levou a neta Stefany, de 9 anos, para se vacinar numa clínica da família em Benfica, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. A gente esperou uma campanha porque, se vem no posto, às vezes tem, às vezes não tem vacina. E a situação piorou aqui no estado também. Já são mais de 50 mortes. Ainda não tem caso na cidade do Rio, mas o mosquito viaja, né?, disse.

Como na região metropolitana a busca deve ser maior, em 15 municípios da Grande Rio, inclusive a capital, será aplicada a dose fracionada da vacina. A dose fracionada será adotada em Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti e Seropédica.

Nos demais municípios do estado, serão aplicadas doses padrão da vacina. Mesmo nos 15 municípios onde será dada a dose fracionada, crianças com até dois anos, pessoas com condições clínicas especiais (vivendo com HIV/aids, ao final do tratamento de quimioterapia, pacientes com doenças hematológicas, entre outras), gestantes e viajantes internacionais (que comprovem a viagem no ato da vacinação) receberão a dose padrão.

Segundo boletim da Secretaria de Saúde divulgado ontem (2), este ano foram registrados 112 casos de febre amarela silvestre em humanos em todo o estado do Rio de Janeiro. No total, 51 pessoas morreram. Angra dos Reis, com 12 mortes e 21 casos, registra o maior número de ocorrências.

Edição: Talita Cavalcante

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212