Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Conselho da Oi aprova aumento de capital e acionistas pedem anulação - Jornal Brasil em Folhas
Conselho da Oi aprova aumento de capital e acionistas pedem anulação


Pouco depois de o Conselho de Administração da Oi ter anunciado hoje (6) um aumento de capital de até R$ 12,29 bilhões, a Pharol (ex-Portugal Telecom), maior acionista individual da empresa disse ter conseguido junto à Câmara de Arbitragem do Mercado uma medida de urgência para suspender as decisões tomadas pelo conselho na segunda-feira (5).

A medida é mais um capítulo travado durante o processo de recuperação judicial da empresa e que colocou em lados opostos acionistas e o Conselho de Administração, responsável por tocar o plano.

Em comunicado dirigido ao mercado, a própria Oi informou que a Câmara de Arbitragem determinou que a operadora se abstenha de implementar os aumentos de capital previstos no plano de recuperação. Ainda de acordo com a nota, caso a Oi, que é a maior operadora de telefonia do Brasil, se negue, poderá receber uma multa de até R$ 122,9 milhões.

Liminar

A Pharol (ex-Portugal Telecom) conseguiu a decisão em caráter liminar. Por meio de seu veículo de investimento, a Bratel, o grupo acionista já disse em diversas ocasiões não considerar que o plano de reestruturação da Oi, aprovado em dezembro do ano passado, está em conformidade com a governança estabelecida no estatuto social da Oi.

A proposta aprovada pelo conselho nesta terça-feira está prevista no plano de recuperação que prevê a possibilidade de que os credores da empresa e os donos de títulos de dívidas emitidos no exterior (bondholders) troquem parte de suas dívidas por ações da empresa.

O conselho definiu que a capitalização será feita por meio de emissão de 1,04 bilhão a 1,76 bilhão de ações ordinárias no valor de R$ 7 por ação. A empresa estima que o valor da capitalização ficará entre R$ 7,28 bilhões e máximo de R$ 12,29 bilhões. O prazo final para a escolha da forma de pagamento termina no próximo dia 8 de março.

O número total de ações ordinárias e bônus de subscrição a serem emitidos na capitalização de créditos dependerá do resultado do processo de escolha das opções de pagamento pelos bondholders qualificados, cujo prazo foi prorrogado para o dia 08 de março de 2018 por conta de decisão proferida pelo Juízo da Recuperação Judicial em 26 de fevereiro de 2018, e da oferta de troca (Exchange Offer) a ser realizada aos bondholders qualificados que tenham optado pela respectiva opção de pagamento, disse a Oi.

Em novo comunicado, a Oi rebateu a Pharol e disse ter tomado conhecimento da decisão liminar da Câmara de Arbitragem em favor de pedido protocolado pela Bratel. “A companhia entende que tal decisão contraria frontalmente não só a decisão soberana da Assembleia Geral de Credores da Oi que aprovou o plano de recuperação judicial, como a própria decisão judicial homologatória referente à aprovação do plano, já que se insurge contra o aumento de capital da companhia, um dos itens fundamentais do plano de recuperação judicial, disse a empresa.

A Oi disse ainda que a Pharol já teve outras iniciativas anuladas pela Justiça e que considera que a competência para dispor sobre atos do plano de recuperação judicial é do juízo da 7a Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

Edição: Augusto Queiroz

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212