Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Associação Roquette Pinto vai gerir Cinemateca Brasileira - Jornal Brasil em Folhas
Associação Roquette Pinto vai gerir Cinemateca Brasileira


A Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto (Acerp) firmou hoje (6) termo de contrato com os ministérios da Cultura (MinC) e da Educação (MEC) para gerir a Cinemateca Brasileira. Com o contrato, a Acerp assumirá a gestão integral dos núcleos de Preservação, Documentação e Pesquisa, Difusão, Administração e Tecnologia da Informação da Cinemateca. A vigência do contrato é até 2021.

Na solenidade, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, explicou que, com a assinatura do contrato, a Organização Social (OS) passa a ser responsável pela gestão da Cinemateca Brasileira e, por não ser um órgão da administração pública, tem uma série de facilidades para operar essa gestão”. Ele disse que a gestão por OS permitirá a contratação de novos funcionários e a existência de recursos de outras fontes que não o orçamento do Ministério da Cultura.

Indagado se não haveria alguma irregularidade no contrato, pois a Acert já tem um contrato com o MEC, envolvendo a TV Escola [e que, por força do Decreto 9.190, a OS não poderia ter mais de um contrato com o governo federal], o ministro afirmou que não há problema algum e que o contrato foi analisado por toda a área jurídica dos dois ministérios e também pelo Planejamento.

“O decreto não determina que só pode ter um contrato. Ele determina que só pode ter contrato com um órgão da administração pública federal. E o órgão em questão é o Ministério da Educação. Por isso, encontramos essa maneira: estamos celebrando esse contrato no âmbito do contrato que já existia entre a Acerp e o Ministério da Educação. O Ministério da Cultura entra como interveniente, e incluímos a Cinemateca nesse contrato. O que diz o decreto está plenamente preservado e respeitado e se dá na mais absoluta legalidade”, esclareceu Sá Leitão.

Ele informou que, para este ano, o valor do contrato é de R$ 9 milhões, em recursos oriundos do Ministério da Cultura. “Além dos R$ 9 milhões que o MinC está colocando para o custeio da Cinemateca, por meio do contrato de gestão, teremos um valor a ser definido, superior a esse, para o investimento na política de preservação, restauração e difusão do acervo”, acrescentou.

Com o contrato firmado nesta terça-feira, a Cinemateca, mais antiga instituição de cinema do país e responsável pela preservação do maior acervo audiovisual da América Latina, será a primeira instituição cultural a ser administrada por uma OS. De acordo com Sá Leitão, até o fim deste ano, mais três instituições culturais – um museu, o Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) e o Centro Técnico Audiovisual – serão administradas por organizações sociais.

O ministro adiiantou que será preservada a equipe atual da Cinemateca, formada pela coordenadora-geral, Olga Futema, mais 11 servidores públicos, três gestores do Ministério do Planejamento e 42 técnicos especializados, cujo contrato se encerraria em abril. “Este número é suficiente, mas para um plano emergencial. Precisamos ampliar o quadro assim que for possível. O básico seria em torno de 85 técnicos”, disse Olga. Para ela, a parceria veio em boa hora. “Esse modelo vinha sendo discutido na Cinemateca desde 2008. A expectativa é grande.”

Também participou da solenidade, realizada nesta tarde em São Paulo, o ministro da Educação, Mendonça Filho, que destacou a importância do contrato para preservar a memória histórica do cinema brasileiro. “Qualquer país tem que preservar seus valores culturais e sua história, e parte de nossa história é contada pelo cinema brasileiro.”

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212