Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


12 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo do DF vistoria viadutos e diz que não há risco iminente de nova queda - Jornal Brasil em Folhas
Governo do DF vistoria viadutos e diz que não há risco iminente de nova queda


Após o Ministério Publico do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) solicitar vistoria em pontes e viadutos de Brasília depois do desabamento de uma parte do viaduto da Galeria dos Estados, na região central da capital federal, o secretário-chefe da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais, Sérgio Sampaio, informou hoje (6) que, de 12 pontes e viadutos vistoriados pelo governo de Brasília, nenhum apresenta risco iminente de queda.

De acordo com os governo, duas estruturas estão em condições ideais, cinco já apresentam sinais do tempo e quatro estão listadas como prioritários para manutenção e monitoramento. As estruturas que precisam de intervenções a curto prazo, mesmo sem risco iminente de queda, são as pontes do Bragueto, das Garças e Honestino Guimarães, além de um viaduto sobre a Via N2, ao lado do Conjunto Nacional.

De acordo com o coordenador de Operações da Subsecretaria de Defesa Civil, tenente-coronel Sinfrônio Lopes, as estruturas são classificadas de um (estado crítico) à cinco (excelente). A ponte do Bragueto recebeu nota dois, mas, de acordo com o coordenador, a estrutura precisa passar por mais monitoramentos e, em curto prazo, uma intervenção.

De todas as estruturas vistoriadas, apenas os viadutos da saída do Buraco do Tatu no sentido Norte-Sul e outro sobre a Via S2 receberam melhor avaliação da Defesa Civil. O levantamento foi feito com base e normas da Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit).

O secretário-chefe da Casa Civil garantiu que o governo adotará todas as providências no sentido de fazer os reparos e os monitoramentos onde for apontado que é necessário no menor espaço de tempo possível. “O governo criou um grupo que está procedendo a análise e a necessidade para recuperação de todas essas estruturas”, disse ele.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212