Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Vacinação múltipla não deixa crianças mais propensas a infecções, diz estudo - Jornal Brasil em Folhas
Vacinação múltipla não deixa crianças mais propensas a infecções, diz estudo


Embora as crianças hoje recebam mais vacinas que as gerações anteriores, a prática não parece debilitar seu sistema imunológico ou torná-las mais propensas a outras infecções, disse um estudo americano nesta terça-feira.

Pela primeira vez, pesquisadores testaram um vínculo entre o calendário de vacinação recomendado atualmente nos Estados Unidos e a taxa de infecções e doenças que não estão relacionadas com as vacinas nas crianças deste país.

É compreensível que os pais tenham perguntas e preocupações sobre a segurança das vacinas, disse o pediatra Matthew Daley, coautor do estudo publicado na revista médica Journal of the American Medical Association.

Na pesquisa, a vacinação não pareceu danificar o sistema imunológico de uma forma que fizesse com que as crianças fossem mais propensas às infecções. Esta descoberta proporcionará confiança adicional aos pais sobre a segurança do calendário recomendado, acrescentou Daley.

Uma amostra aleatória de 193 crianças que tinham sido diagnosticadas com doenças respiratórias e gastrointestinais, junto com outras infecções virais e bacterianas, foi comparada com um grupo de controle de 751 crianças que não haviam sido diagnosticadas com estas infecções.

Os cientistas observaram os níveis de exposição ao antígeno da vacina - uma proteína ou outra substância que induz uma resposta imune no corpo - nos primeiros dois anos de vida das crianças.

A exposição total ao antígeno da vacina não foi associada a um maior risco de infecções que não são atacadas pelas vacinas nos próximos 24 meses de vida, disse o estudo.

Alguns pais estão preocupados de que as vacinas múltiplas na primeira infância possam danificar o sistema imunológico de seus filhos, tornando-os mais suscetíveis a infecções futuras, disse o autor principal, Jason Glanz, pesquisador do Instituto de Pesquisa em Saúde de Kaiser Permanente no Colorado.

Este novo estudo sugere que a teoria de sobrecarregar o sistema imunológico de um bebê é altamente improvável.

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212