Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Goiás na Frente: Governo do Estado leva asfalto a 100% das ruas de Jesúpolis - Jornal Brasil em Folhas
Goiás na Frente: Governo do Estado leva asfalto a 100% das ruas de Jesúpolis


Pavimentação Urbana JesupolisA vida de Gabriela Rosa está mais sossegada. A agente de saúde nasceu praticamente junto com o município de Jesúpolis, 26 anos atrás, e desde então mora no mesmo canto da Rua 24, no Setor Vista Bela. A aflição da moça com os problemas respiratórios da filhinha de dois anos e das demais crianças que atende no PS da cidade diminuiu demais. Nos últimos meses, a poeira se foi para não mais voltar. O asfalto, obra do Programa de Convênios do Goiás na Frente, do Governo de Goiás, chegou à porta de sua casa. E até o fim do semestre, 100% das ruas do município de três mil habitantes estarão asfaltadas.

Idealizado pelo governador Marconi Perillo e coordenado pelo vice, José Eliton, o Goiás na Frente destina mais de R$ 500 milhões às prefeituras para que realizem obras urbanas. Da cota de R$ 1 milhão destinado a Jesúpolis, o município já recebeu quatro parcelas de R$ 166,6 mil cada.

O recurso pavimentou 13 mil metros quadrados de ruas do Vista Bela. As duas últimas das seis parcelas vão para asfaltar o resto de rua de terra que sobrou, no Setor Central, para botar o chão preto em rigorosamente todo o perímetro urbano. São mais R$ 12 mil metros quadrados.

Jesúpolis na frente

Entre as 246 cidades goianas, Jesúpolis foi um dos primeiros a formalizar convênio com o Goiás na Frente, fator que coloca as obras na cidade entre as mais adiantadas no Estado. O prefeito Wygnerley Morais já está nas ruas inspecionando os trabalhos. Antes das 8 horas, esta semana, já instruía o pedreiro na escada do ginásio coberto da cidade, obra fruto de convênio federal. Aquela manhã seria corrida: ele tinha agenda na Caixa Econômica Federal em Anápolis às 10 horas em busca de mais recursos. “Nosso orçamento é modesto, tem de correr atrás de mais recursos para complementar”, ensina.

Particularidades de cidade do interior, onde a comunidade se orgulha da convivência saudável, Wygnerley deixa seu carro aberto, com as chaves na ignição, e caminha entre as ruas recém asfaltadas do Vista Bela, cumprimentando um a um os moradores pelo nome. Na Rua Mato Grosso está dona Edirene de Oliveira Cardoso. Ela é a feliz proprietária de uma mecânica de motos que agregou o comércio de peças e acessórios.

Edirene está alegre porque o asfalto, mais do que a esperança da cura definitiva para rinite alérgica dos dois filhos, trouxe uma melhora no movimento da loja. “Aqui era complicado, muita poeira e lama por conta dos caminhões puxando barro”, diz, esclarecendo que a Rua Mato Grosso é rota de abastecimento da cerâmica, que com a lavoura de banana, responde pelo grosso da atividade econômica de Jesúpolis.

“Esse asfalto foi uma benção pra gente”, afirma morador

Numa rua perpendicular está a mercearia de seu Antônio Francisco Filho. Os quase 10 anos de sofrimento com os elementos, tendo de limpar diariamente, cedo e tarde, todos os produtos nas prateleiras, agora são apenas lembranças: “Esse asfalto foi uma bênção pra gente”.

Algumas casas abaixo João José Alves, 71, senta-se à sombra de uma árvore, calçada recém construída, para observar a movimentação incomum daquela sexta-feira: “Vocês viram que agora está tudo limpinho?”

Cidade sem poeira

Para chegar a 100% das ruas asfaltadas, o prefeito Wygnerley ampliou a contrapartida da prefeitura de 1% para 5%, R$ 50 mil para banir de vez a poeira e a lama da porta da rua do povo. “Já tínhamos os projetos prontos e as licenças ambientais em dia. Esperávamos por essa obra desde 2014. É um compromisso que o governador Marconi Perillo e o vice-governador José Eliton resgatam com nossa comunidade”, diz o prefeito, que orgulha-se de sua Jesúpolis ser a terceira cidade do Estado a entregar uma obra dentro do programa de convênios.

A jovem Jesúpolis tem 27 anos de emancipação política. Município de forte tradição católica, a exemplo das vizinhas Petrolina e São Francisco de Goiás, orgulha-se do Cristo monumental que enfeita a entrada da cidade, fim de linha da GO-529, brilhando de nova depois da recuperação feita pelo governo do Estado. O orçamento anual de Jesúpolis é pequeno, R$ 12 milhões, mas bem administrado: ruas limpas e bem cuidadas, escolas novas, posto de saúde funcionando. Chama atenção a espaçosa biblioteca, no Centro. Bem perto, ladeando o prédio recém pintado de amarelo ouro da prefeitura, estão um roçado de feijão e outro de abóbora a revelar a simplicidade da vida naquele lugar.

Comunicação Vice-Governadoria


 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212