Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Venda de ações da Eletrobras deve sair até dezembro, diz Dyogo Oliveira em NY - Jornal Brasil em Folhas
Venda de ações da Eletrobras deve sair até dezembro, diz Dyogo Oliveira em NY


O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, disse hoje (8) que a oferta pública de capital da Eletrobrás deve acontecer até dezembro. A afirmação foi feita durante o evento Oportunidades de Investimento no Brasil, em Nova York.

As discussões estão evoluindo muito rápido, provavelmente na semana que vem vamos ter a instalação da comissão para discutir a lei e o ato final é esperado para acontecer em dezembro, é quando o IPO [da sigla em inglês para Oferta Pública de Capital] vai ser lançado no mercado, disse o ministro ao se referir às discussões sobre a privatização da Eletrobras no Congresso.

Nesta terça-feira (6), o Congresso Nacional instalou a comissão mista destinada a analisar a medida provisória que retira da legislação atual a proibição de privatizar a estatal e suas subsidiárias. A MP foi editada no fim do ano passado pelo presidente Michel Temer e trata de alterações no setor elétrico, como a expansão da oferta e a universalização dos serviços de energia elétrica.

A proposta revoga artigo da Lei 10.848/2004, que trata da comercialização de energia, que excluía a Eletrobras e suas controladas – Furnas, Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), Eletronorte, Eletrosul e a Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE) – do Programa Nacional de Desestatização.

Essa é a terceira medida provisória editada pelo presidente Temer para abrir caminho para a venda da Eletrobras. “O intuito da revogação é permitir, com plena segurança, que sejam contratados e iniciados os estudos da situação econômica e financeira da Eletrobras, garantindo substancial ganho no cronograma da operação, com vistas a concluí-la no ano de 2018”, argumentou o governo quando editou a MP.

Evento em NY

Participaram do evento investidores de diferentes setores, como transportes, mineração e energia. Entre os grupos de investidores presentes estavam representantes da JP Morgan, Goldman Sachs, Morgan Stanley, além de empresas como a Uber.

Também participaram do evento os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, do Planejamento, Dyogo Oliveira, dos Transportes, Maurício Quintella, e de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212