Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Venda de ações da Eletrobras deve sair até dezembro, diz Dyogo Oliveira em NY - Jornal Brasil em Folhas
Venda de ações da Eletrobras deve sair até dezembro, diz Dyogo Oliveira em NY


O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, disse hoje (8) que a oferta pública de capital da Eletrobrás deve acontecer até dezembro. A afirmação foi feita durante o evento Oportunidades de Investimento no Brasil, em Nova York.

As discussões estão evoluindo muito rápido, provavelmente na semana que vem vamos ter a instalação da comissão para discutir a lei e o ato final é esperado para acontecer em dezembro, é quando o IPO [da sigla em inglês para Oferta Pública de Capital] vai ser lançado no mercado, disse o ministro ao se referir às discussões sobre a privatização da Eletrobras no Congresso.

Nesta terça-feira (6), o Congresso Nacional instalou a comissão mista destinada a analisar a medida provisória que retira da legislação atual a proibição de privatizar a estatal e suas subsidiárias. A MP foi editada no fim do ano passado pelo presidente Michel Temer e trata de alterações no setor elétrico, como a expansão da oferta e a universalização dos serviços de energia elétrica.

A proposta revoga artigo da Lei 10.848/2004, que trata da comercialização de energia, que excluía a Eletrobras e suas controladas – Furnas, Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), Eletronorte, Eletrosul e a Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE) – do Programa Nacional de Desestatização.

Essa é a terceira medida provisória editada pelo presidente Temer para abrir caminho para a venda da Eletrobras. “O intuito da revogação é permitir, com plena segurança, que sejam contratados e iniciados os estudos da situação econômica e financeira da Eletrobras, garantindo substancial ganho no cronograma da operação, com vistas a concluí-la no ano de 2018”, argumentou o governo quando editou a MP.

Evento em NY

Participaram do evento investidores de diferentes setores, como transportes, mineração e energia. Entre os grupos de investidores presentes estavam representantes da JP Morgan, Goldman Sachs, Morgan Stanley, além de empresas como a Uber.

Também participaram do evento os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, do Planejamento, Dyogo Oliveira, dos Transportes, Maurício Quintella, e de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212