Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 BC reduz prazo de acesso a documentos do segundo dia de reunião do Copom - Jornal Brasil em Folhas
BC reduz prazo de acesso a documentos do segundo dia de reunião do Copom


O Banco Central (BC) reduziu o prazo de restrição de acesso aos documentos que subsidiam as decisões do Comitê de Política Monetária (Copom). A restrição às apresentações expostas no segundo dia de reuniões do Copom passou de 15 para 8 anos. No caso das apresentações da primeira sessão, o prazo de quatro anos foi mantido.

Segundo o BC, a reavaliação ocorreu após a revisão dos prazos das informações classificadas como secretas e ultrassecretas, de que trata a Lei de Acesso à Informação (LAI). Os documentos podem ser acessados no site do BC.

Para o BC, a medida “segue a linha da transparência ativa e respeita a obrigação legal de proteção de informações sensíveis de acordo com a percepção de risco”.

Reclassificação de documentos

O BC fez um trabalho de reclassificação dos documentos. Segundo a Ouvidoria do Banco Central, foram identificadas 176 apresentações a analisar, das quais 45 já tinham sido desclassificadas (isto é, tiveram o sigilo retirado) por decurso de prazo (15 anos).

“Das 131 apresentações restantes, 68 foram desclassificadas e disponibilizadas no site do BC, enquanto 63 tiveram seus respectivos prazos de restrição reduzidos e serão liberadas em transparência ativa quando completarem os oito anos desde a realização da reunião”, destaca o Ouvidor do BC, Aloisio Tupinambá, em nota.

As reuniões do Copom ocorrem oito vezes ao ano, aproximadamente a cada seis semanas. Até 2015, essas reuniões eram realizadas mensalmente.

Para chegar à decisão sobre a taxa básica de juros, a Selic, o Copom reúne-se em dois dias – sempre às terças e quartas-feiras. Na primeira parte, o presidente do BC e diretores fazem análise de mercado e da conjuntura. No dia seguinte, após avaliar a perspectiva para a inflação e as alternativas para a Selic, a diretoria do BC define a taxa. O Copom foi criado em junho de 1996.

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212