Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Alemanha critica protecionismo de Trump - Jornal Brasil em Folhas
Alemanha critica protecionismo de Trump


A ministra alemã da Economia, Brigitte Zypries, denunciou nesta sexta-feira o protecionismo das tarifas sobre importações de aço e alumínio anunciadas pelo presidente americano, Donald Trump, que criticou a Alemanha nas áreas comercial e militar.

É protecionismo, o que ofende sócios próximos como a UE e a Alemanha e limita o comércio livre, afirmou Zypries uma dia depois do anúncio de Trump sobre as tarifas e de suas críticas a Berlim.

Trump isola seu país contra a opinião de seu partido, de várias empresas e economistas, acrescentou em um comunicado, no qual prometeu uma resposta clara, equilibrada e coordenada com a Comissão Europeia.

O presidente americano criticou em particular a Alemanha na questão comercial e citou os gastos insuficientes - na sua opinião - de Berlim no orçamento de defesa da Otan.

Temos amigos e também inimigos que se aproveitam há anos, disse Trump.

Se você olhar a Otan, a Alemanha paga 1% e nós pagamos 4,2% de um PIB muito maior. Não é justo, completou.

A Alemanha, como os outros países da Otan, se comprometeu a gastar até 2024 o nível de 2% de seu PIB em defesa, contra 1,2% atualmente.

Mas para convencer os social-democratas que se uniram a seu governo após seis meses de bloqueio político, a chanceler Angela Merkel teve que interromper o aumento previsto do gasto militar, que deve alcançar apenas 1,5% em 2021, longe do objetivo da Otan.

As críticas americanas não são novas, mas se tornaram mais intensas desde que Trump chegou à Casa Branca. O republicano atacou, ainda durante a campanha eleitoral, Merkel, o excedente comercial da Alemanha e sua generosa política migratória.

 

Últimas Notícias

Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212