Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Laptops dados pelo governo venezuelano a estudantes acabam em cassinos - Jornal Brasil em Folhas
Laptops dados pelo governo venezuelano a estudantes acabam em cassinos


O falecido presidente Hugo Chávez sonhava em dar laptops a todos os jovens venezuelanos, mas o programa abriu uma nova frente de corrupção e os equipamentos acabaram inclusive em cassinos, revelou a Procuradoria nesta sexta-feira (9).

Mil desses computadores foram apreendidos durante operações policiais recentes em locais de jogos de azar e depois entregues ao Ministério da Educação, disse o procurador-geral, Tarek William Saab, à imprensa.

É um número baixo diante dos quatro milhões de laptops entregues a estudantes desde 2009, mas as múltiplas modalidades para seu desvio enumeradas pelo procurador dão a ideia de um problema maior.

Saab denunciou solicitações simuladas para a atribuição de equipamentos - que funcionam com software livre desenvolvido na Venezuela -, roubo de unidades em depósitos para sua posterior comercialização e até contrabando para a Colômbia.

O funcionário também assinalou pais que venderam laptops dados a seus filhos, ou que os usavam para fins pessoais.

É comum ver computadores à venda em sites de comércio eletrônico, uma situação que tem de fundo a aguda crise socioeconômica com escassez de todo o tipo de bens básicos e hiperinflação.

Chávez, que morreu em 2013, lançou o plano com o lema computadores para todos, e seu sucessor, Nicolás Maduro, o mantém.

O falecido presidente apareceu em vários atos entregando os equipamentos em escolas de zonas populares e dando recomendações para seu cuidado.

Tome o seu computador, meu filho. Cuide dele, aproveite para estudar, para aprender. Tem que cuidar, não pode sentar em cima dele, não pode jogar como uma bola, afirmou em uma ocasião Chávez, que pensava até em exportar os laptops locais.

A ONG Transparência Internacional considera a Venezuela um dos países mais corruptos, colocando-a na 169ª posição de 180 nações avaliadas.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212